Escolha as suas informações

Covid-19. Task Force alerta para possível subida do número de casos nas próximas semanas
Luxemburgo 18.01.2021

Covid-19. Task Force alerta para possível subida do número de casos nas próximas semanas

Covid-19. Task Force alerta para possível subida do número de casos nas próximas semanas

Foto: Chris Karaba/Luxemburger Wort
Luxemburgo 18.01.2021

Covid-19. Task Force alerta para possível subida do número de casos nas próximas semanas

Diana ALVES
Diana ALVES
Em causa está o aumento dos contactos sociais após as férias de Natal e, sobretudo, o impacto da variante britânica.

O último relatório da Task Force Covid-19 alerta para o risco de o número diário de infeções pelo novo coronavírus vir a aumentar nas próximas semanas. Em causa está o aumento dos contactos sociais após as férias de Natal e, sobretudo, o impacto da variante britânica.

No seu último relatório, publicado na sexta-feira, a equipa de investigação sobre a covid-19 alerta para o potencial aumento das interações sociais no período pós-férias, explicando que "tipicamente isso acontece com um atraso de 10 a 21 dias", o que, a confirmar-se, poderá ocorrer nos próximos dias. 

Apesar disso, uma coisa é certa, segundo a análise dos especialistas, a população foi cautelosa durante as festas de fim de ano e isso refletiu-se ao nível do aparecimento de novos casos de covid-19 no país ao longo das últimas semanas.

A esse respeito, a Task Force frisa que o "antecipado aumento significativo do número de casos devido às interações sociais durante as férias parece não ter acontecido e poderá indicar que as pessoas foram prudentes durante o período de férias".


“Para já não é possível prever o efeito da vacina sobre a nova variante”
No Luxemburgo já foram detetados três casos da nova variante inglesa, mais contagiosa que o vírus original. A descoberta foi feita pela equipa de Tamir Abdelrahman, chefe do departamento de Microbiologia do Laboratório Nacional de Saúde (LNS).

Apesar de a tendência de estabilização do número de casos se manter há algumas semanas, os peritos falam na possibilidade de um "forte crescimento da curva epidémica" devido à presença da variante britânica do vírus, mais contagiosa. Os investigadores alertam mesmo para o facto de "o número diário de casos poder exceder o pico anterior". Por essa razão, apelam para a importância de continuar os esforços de luta contra a pandemia, através da redução das interações físicas, do respeito pelas medidas de higiene e da participação no programa de testes em larga escala.

Na semana passada a média de casos diários foi de 147, um número bastante abaixo das 431 infeções por dia registadas na primeira metade de dezembro.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

"Uma nova vaga poderá ocorrer a partir de meados de setembro no Luxemburgo"
“A situação atual tem um potencial inerente de reativação da epidemia. Uma nova vaga poderá ocorrer a partir de meados de setembro, quando se prevê que as interações sociais no Luxemburgo aumentem novamente após o período de férias”, afirma ao Contacto o investigador Paul Wilmes, porta-voz da task force Covid-19.