Escolha as suas informações

Covid-19. Pandemia leva residentes no Luxemburgo a gastar menos
Luxemburgo 26.06.2020

Covid-19. Pandemia leva residentes no Luxemburgo a gastar menos

Covid-19. Pandemia leva residentes no Luxemburgo a gastar menos

Foto: LUSA
Luxemburgo 26.06.2020

Covid-19. Pandemia leva residentes no Luxemburgo a gastar menos

Ana Patrícia CARDOSO
Ana Patrícia CARDOSO
O banco ING Luxemburgo realizou um inquérito em que concluiu que maioria dos residentes no Grão-Duado está a poupar mais desde que a pandemia começou.

O ING Luxemburgo aferiu que a maioria dos residentes do grão-ducado mudou os hábitos financeiros devido à pandemia de coronavírus. 

A grande maioria das pessoas inquiridas revelou que viram nesta situação uma oportunidade para se tornarem mais cuidadosas com o dinheiro. Uma grande percentagem afirmou também que prefere gora usar o cartão em vez de dinheiro, também por questões sanitárias. 

Mais de 50% dos inquiridos no Luxemburgo disseram que agora gastam menos dinheiro do que antes da crise. 41% afirmaram ter começado a poupar dinheiro de forma mais ativa. 

Gastar em quê? 

Os hábitos de despesa também mudaram. Enquanto uma parte dos inquiridos afirmou que o confinamento simplesmente diminuiu as ocasiões para gastar dinheiro, outros garantem que a crise causada pela pandemia foi rombo nas finanças pessoais. "Sofreram uma diminuição acentuada dos rendimentos e/ou a ameaça de uma tal perda. Ambas as condições ajudam a explicar porque muitos disseram estar a poupar um pouco mais - pondo algo de lado para um futuro incerto", lê-se no documento que pode ser consultado aqui. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Luxemburgueses estão a poupar mais
Em tempos de crise, 61% dos residentes no Grão-Ducado admitem gastar menos dinheiro. Em contrapartida, 56% mostram-se mais preocupados com a situação financeira.