Escolha as suas informações

Covid-19. Ministro e deputados reúnem-se hoje para analisar medidas nas escolas
Luxemburgo 26.10.2020

Covid-19. Ministro e deputados reúnem-se hoje para analisar medidas nas escolas

Covid-19. Ministro e deputados reúnem-se hoje para analisar medidas nas escolas

Foto: Claude Piscitelli
Luxemburgo 26.10.2020

Covid-19. Ministro e deputados reúnem-se hoje para analisar medidas nas escolas

Diana ALVES
Diana ALVES
Ao que tudo indica, é uma reunião convocada à última hora.

Ao que tudo indica, é uma reunião convocada à última hora. O ministro da Educação, Claude Meisch, e os deputados da comissão parlamentar da educação nacional reúnem-se esta tarde para analisar "medidas relacionadas com a pandemia da covid-19". 

Segundo a agenda do Parlamento para esta semana, o encontro está marcado para as 15h30 e servirá para que os deputados se informem sobre a situação nos estabelecimentos de ensino. A reunião vai decorrer por videoconferência.

De acordo com a edição francesa do Wort, o encontro não estava previsto, sendo que acontece depois de o ministro da Educação ter sido alvo de duras críticas por parte da secção de ensino da Confederação-Geral da Função Pública, a Féduse. A estrutura critica Claude Meisch por não estar a agir para inverter os números de novas infeções pela covid-19 e pede medidas concretas "antes que seja tarde".

Na mira da Féduse está, por exemplo, o uso obrigatório de máscara nas salas de aula das escolas secundárias. O sindicato defende que o ministro Meisch deve assumir as suas responsabilidades e não deixar a decisão ao critério dos liceus.  Num comunicado divulgado este domingo, a estrutura deixou também antever que talvez seja pertinente voltar a colocar os alunos do secundário num regime de ensino à distância ou optar pela divisão das turmas em dois grupos.

Entretanto, também a Associação dos Encarregados do Ensino Nacional (ACEN, na sigla em francês) criticou a falta de novas medidas nas escolas. Recorde-se que o Governo anunciou na sexta-feira novas restrições para conter a pandemia – recolher obrigatório, limitação do número de pessoas que se pode receber em casa e redução do número de clientes que podem estar à mesma mesa num café ou restaurante –, não avançando no entanto qualquer nova medida direcionada às escolas.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas