Escolha as suas informações

Covid-19. Ministério da Saúde desmente haver uma variante luxemburguesa
Luxemburgo 05.02.2021

Covid-19. Ministério da Saúde desmente haver uma variante luxemburguesa

Covid-19. Ministério da Saúde desmente haver uma variante luxemburguesa

Foto: DPA
Luxemburgo 05.02.2021

Covid-19. Ministério da Saúde desmente haver uma variante luxemburguesa

Susy MARTINS
Susy MARTINS
Não há nenhuma variante do SARS-CoV-2 com origem no Luxemburgo. A garantia foi dada esta sexta-feira pelo Ministério da Saúde.

O desmentido acontece depois de a agência de notícias alemã DPA ter publicado esta quinta-feira uma notícia a dar conta do caso de uma funcionária de um hospital de Halle, na Alemanha, que terá sido infetada pela variante luxemburguesa ou norueguesa do novo coronavírus. A DPA adianta que a nova variante (B.1.1.6) carece de confirmação oficial por parte das autoridades, mas a informação da alegada existência de uma variante luxemburguesa foi, entretanto, retomada por vários órgãos de comunicação social

Contactado esta manhã pela Rádio Latina, o Ministério da Saúde afirma que “esta notícia não está correta”, esclarecendo que, segundo a nomenclatura oficial “Pangolin”, esta “variante é originária do Texas, nos Estados Unidos da América, e não do Luxemburgo”, como referido nos artigos.

Segundo os especialistas, há milhares de variantes a circular, sendo que as mais conhecidas são a britânica, a brasileira e sul-africana.

O Luxemburgo regista atualmente 47 infeções da variante britânica e quatro da variante sul-africana.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas