Escolha as suas informações

Luxemburgo. Vacinação oferecida nos consultórios médicos a partir de 2 agosto
Luxemburgo 2 min. 31.07.2021
Covid-19

Luxemburgo. Vacinação oferecida nos consultórios médicos a partir de 2 agosto

Covid-19

Luxemburgo. Vacinação oferecida nos consultórios médicos a partir de 2 agosto

Luxemburgo 2 min. 31.07.2021
Covid-19

Luxemburgo. Vacinação oferecida nos consultórios médicos a partir de 2 agosto

Redação
Redação
Os médicos de clínica geral e pediatras vão passar a vacinar contra a covid-19 os residentes e não residentes, com mais de 12 anos, nos consultórios e clínicas, a partir da próxima semana, no Luxemburgo. Saiba o que é necessário e quais são os consultórios com vacinação.

A partir da próxima semana, os residentes e não residentes no Luxemburgo podem ser vacinados pelo seu médico de clínica geral ou outros nos consultórios e clínicas gerais e de pediatria no Luxemburgo, anunciou o Ministério da Saúde na sexta-feira.

A medida já estava prevista dado que há centros de vacinação que vão fechar.

Assim, qualquer pessoa residente ou não residente, inscrita no Grão-Ducado, com 16 anos ou mais (a partir de 12 anos para as vacinas mRNA), que ainda não esteja vacinada contra a covid-19 e deseje fazê-lo poderá dirigir-se uma das clínicas médicas participantes na campanha de vacinação, explica o ministério de Paulette Lenert.

 As pessoas interessadas terão de apresentar um documento de identidade ao médico e ter um número de registo no Registo Nacional de Pessoas Singulares (RNPP). 

Durante a próxima semana serão quatro os estabelecimentos médicos em Esch-sur-Alzette, Mersch, Redange-sur-Attert e Strassen onde decorre a vacinação contra a covid-19. Trata-se da primeira fase piloto da nova medida.

Durante as semanas de 9 e 16 de Agosto, a vacinação em consultórios médicos será alargada a todo o país, de assegurar uma cobertura territorial homogénea. 

Consultórios onde se pode vacinar

A lista de médicos participantes na campanha de vacinação será atualizada regularmente e pode ser consultada no site do governo (clique aqui para ver todos os locais)

Os médicos aptos a vacinação podem encomendar as vacinas Janssen (Johnson&Johnson), AstraZeneca e BioNTech/Pfizer, que terão de ser armazenadas e administradas de acordo com as normas aplicáveis, indica o comunicado do Ministério da Saúde.


Governo lança nova campanha de vacinação para profissionais de saúde
O governo do Luxemburgo vai lançar uma nova campanha de sensibilização para incitar os profissionais de saúde a vacinarem-se contra a covid-19.

Escolha da vacina

 A escolha da vacina será feita em consulta com o médico vacinador. 

Para a Ministra da Saúde Paulette Lenert, a participação dos médicos privados marca outro passo importante na campanha de vacinação: "Gostaria de agradecer em particular à AMMD e ao Cercle des médecins-généraux, bem como aos pediatras, pelos seus esforços e apoio ao longo da nossa campanha de vacinação e, em particular, pela aplicação da vacinação nos consultórios dos médicos privados". 

"Os médicos são as primeiras pessoas em quem os seus pacientes confiam e desempenham um papel indispensável para o sucesso da campanha de vacinação no Luxemburgo. Juntos podemos derrotar a COVID-19", acrescentou a governante. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) aprovou a 23 de julho o uso da vacina anticovid-19 da Moderna para crianças dos 12 aos 17 anos na União Europeia (UE), sendo este o segundo fármaco aprovado pelo regulador europeu para esta faixa etária, após a Pfizer, da BioNTech.