Escolha as suas informações

Covid-19. Festas privadas estão a aumentar e Bausch pode reforçar restrições
Luxemburgo 2 min. 30.06.2020

Covid-19. Festas privadas estão a aumentar e Bausch pode reforçar restrições

Covid-19. Festas privadas estão a aumentar e Bausch pode reforçar restrições

Luxemburgo 2 min. 30.06.2020

Covid-19. Festas privadas estão a aumentar e Bausch pode reforçar restrições

Paula SANTOS FERREIRA
Paula SANTOS FERREIRA
No fim de semana três bares e restaurantes foram fechados pela polícia já fora do horário legal e onde não havia distanciamento social. O ministro pede respeito pelas regras para não ter de haver um reconfinamento.

Com o elevado aumento das infeções no Luxemburgo sobem também de tom os avisos do Ministro François Bausch sobre a proibição de festas e eventos que não respeitem as regras impostas. É que, ao mesmo tempo que crescem os novos casos, também proliferam estes eventos pelo país.

Além da festa privada de 12 de junho cujos testes positivos de pessoas ligadas a este evento tem vindo a subir, para além dos 24 casos conhecidos, as ações de vigilância policiais têm cancelado outros tantos eventos pelo país.


Luxemburgo. Continuam a surgir novas infeções ligadas à festa privada
Uma das causas do aumento diário das novas infeções no país é a subida também diária dos testes positivos de pessoas ligadas ao evento de 12 de junho. Até ao dia 26 registavam-se 24 casos, mas o total será superior. Só na festa estiveram entre 50 a 100 pessoas.

Bares e restaurantes a desrespeitar a lei

Ainda no fim de semana passado, três bares e restaurantes,  de Esch e na capital, foram encerrados pela polícia por estarem a funcionar para além do horário legal, como conta a edição francesa do Wort. À meia-noite, quando os agentes entraram nos estabelecimentos, os clientes e proprietários continuavam como se não tivessem de encerrar, preparando-se para desrespeitar o horário. Além de não estarem a cumprir o distanciamento social o que aumenta o perigo de contaminação.

O ministro da Segurança Interna alertou nesta terça-feira de manhã, à Rádio 100.7, o perigo destas festas e eventos onde não se respeitam as medidas sanitárias, podendo vir a tornar-se novos focos de contaminação da doença.

A par com a prevenção existe a repressão. François Bausch explica que os agentes policiais realizam 30 ações de fiscalização por dia, “mas não podem estar em todo o lado ao mesmo tempo”, afirmou citado pelo Wort francês. O governante está preparado para aumentar a vigilância e admitiu que lhe custaria muito ter de impor regras ainda mais severas para prevenir a propagação do vírus no país. Por isso, apelou que todos respeitem as medidas de saúde para a população não ter de passar por um reconfinamento.


Ministério da Saúde lança apelo. “Evitar festas apesar do bom tempo!”
Governo reforça que é preciso evitar este risco para limitar um novo aumento de infeções covid-19.

Também a Ministra da Saúde Paulette Lenert lançou recentemente a campanha “Stop the Party” pedindo à população que não realize festas em tempo de verão e que respeite as medidas sanitárias. Como já se provou pela festa privada de 12 de junho, este eventos representam um perigo real de se tornarem novos focos de contágios do novo coronavírus.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas