Escolha as suas informações

Covid-19. China oferece 10 milhões de máscaras e ventiladores ao Luxemburgo
Luxemburgo 21.03.2020 Do nosso arquivo online

Covid-19. China oferece 10 milhões de máscaras e ventiladores ao Luxemburgo

Covid-19. China oferece 10 milhões de máscaras e ventiladores ao Luxemburgo

AFP
Luxemburgo 21.03.2020 Do nosso arquivo online

Covid-19. China oferece 10 milhões de máscaras e ventiladores ao Luxemburgo

Redação
Redação
Na próxima segunda-feira começa a chegar ao Grão-Ducado o material de proteção para profissionais de saúde enviado pelos chineses. Coreia do Sul oferece medicamentos.

No início da próxima semana a Cargolux vai aterrar no Luxemburgo com um carregamento muito especial vindo da China: material de proteção médico e equipamentos hospitalares para o combate à epidemia que está a aumentar no Luxemburgo.

No total são cinco milhões de máscaras de proteção médica para médicos e profissionais de saúde, cinco milhões de luvas de proteção médica , 50 ventiladores , 150 mil óculos óculos e um milhão de outras máscaras de proteção, anunciou à edição francesa do Wort o ministro das Relações Exteriores, Jean Asselborn.


Cargolux continuará a voar para garantir abastecimento
São já poucas as companhias aéreas a operar voos no espaço aéreo europeu.

"A China está a ajudar-nos porque nós ajudámos os chineses e enviámos produtos médicos em fevereiro", declarou o governante. No total, o material que chegará da China valerá 14,5 milhões de euros. 

A Coreia do Sul também está a ajudar o Luxemburgo, afirmou Jean Asselborn, anunciando que deste país vão chegar medicamentos genéricos destinados ao tratamento de casos de pneumonia. Esta oferta conseguirá ajudar no tratamento de  seis mil doentes no Luxemburgo.

A pandemia do Covid-19 iniciou-se na China no início do ano, país onde este vírus infetou mais 81 mil pessoas, dos quais 61 mil ainda apresentam sintomas, e causou mais de três mil mortes. O número de falecidos foi já superado pela Itália.

Este sábado, o governo chinês anunciou que, pelo terceiro dia consecutivo, não há registo de novos casos de contaminação local, apenas vindos do exterior.


Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas