Escolha as suas informações

Covid-19. Banco chinês oferece 100 mil euros a dois hospitais da capital
Luxemburgo 22.04.2020

Covid-19. Banco chinês oferece 100 mil euros a dois hospitais da capital

Covid-19. Banco chinês oferece 100 mil euros a dois hospitais da capital

Foto: AFP
Luxemburgo 22.04.2020

Covid-19. Banco chinês oferece 100 mil euros a dois hospitais da capital

Henrique DE BURGO
Henrique DE BURGO
"É um reconhecimento da política exemplar" do Luxemburgo na luta contra o coronavírus mas sobretudo uma "homenagem aos médicos e enfermeiros", diz a direção deste banco.

O banco China Everbright Europe, com sede no Luxemburgo, ofereceu 100 mil euros a dois hospitais da cidade do Luxemburgo para reforçar a luta contra a covid-19.


Ministra da Saúde não descarta uma segunda vaga de contaminações
A primeira fase de desconfinamento foi lançada a 20 de abril, com a abertura dos estaleiros na construção civil

O montante foi dividido em 50 mil euros para o Centro Hospitalar do Luxemburgo, em Strassen, e outros 50 mil euros para o grupo Hospitalar Robert Schuman (foto de abertura).

A direção do banco chinês refere em comunicado que esta ajuda "é um reconhecimento da política exemplar" do Luxemburgo na luta contra o coronavírus e "sobretudo uma homenagem aos médicos e enfermeiros" que trabalham para salvar vidas.


Covid-19. Mais um doente francês curado no Luxemburgo que regressa a casa
Esta é a terceira notícia de alta hospitalar dada a um francês infetado da Alsácia e tratado nos hospitais do país.

O banco China Everbright espera que este gesto solidário, “apesar de modesto”, para com o Grã-Ducado possa contribuir para “um regresso progressivo à vida normal”.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.