Escolha as suas informações

Covid-19. 43% das mortes no Grão-Ducado aconteceram em lares de idosos
Luxemburgo 18.05.2021

Covid-19. 43% das mortes no Grão-Ducado aconteceram em lares de idosos

Covid-19. 43% das mortes no Grão-Ducado aconteceram em lares de idosos

Foto: Lusa
Luxemburgo 18.05.2021

Covid-19. 43% das mortes no Grão-Ducado aconteceram em lares de idosos

Redação
Redação
346 idosos residentes em lares no Luxemburgo morreram com covid-19 desde o início da pandemia.

O balanço surgiu numa resposta parlamentar conjunta da ministra da Família, Corinne Cahen, e a ministra da Saúde, Paulette Lenert, ao deputado do CSV Michel Wolter. 

346 idosos residentes em lares no Luxemburgo morreram com covid-19 desde o início da pandemia, representando assim 43% de todas as mortes relacionadas com o vírus no Grão-Ducado. Destes, 220 morreram nas instituições e não nos hospitais. 


Jeannot Waringo lidera investigação sobre casos de contágio nos lares do Luxemburgo
O antigo diretor da Inspeção-Geral das Finanças foi o grande responsável pelo "relatório Waringo" que propunha uma reestruturação na Corte Grã-Ducal.

O taxa elevada de mortes em lares de idosos durante a pandemia foi motivo de um debate aceso no Parlamento, com a ministra da Família, Corinne Cahen, a ser alvo de ataques por parte da oposição. 

Por consequinte, o Governo anunciou um estudo independente e a nomeação de um grupo de trabalho para investigar mais detalhadamente a incidência da infeção nas estruturas de acolhimento. Os resultados são esperados em junho. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas