Escolha as suas informações

Covid-19. 21 mortos e 1.950 infetados no Luxemburgo
Luxemburgo 29.03.2020 Do nosso arquivo online

Covid-19. 21 mortos e 1.950 infetados no Luxemburgo

Imagem de arquivo

Covid-19. 21 mortos e 1.950 infetados no Luxemburgo

Imagem de arquivo
Foto: Arne Dedert/dpa
Luxemburgo 29.03.2020 Do nosso arquivo online

Covid-19. 21 mortos e 1.950 infetados no Luxemburgo

Redação
Redação
O pico de infeções é esperado nos próximos dias. Daí as autoridades continuarem a apelar ao confinamento em casa.

O número de mortes associadas à Covid-19 subiu hoje para 21. De acordo com o mais recente balanço, feito esta tarde pelo Ministério da Saúde, há mais três mortos em relação ao dia de ontem, totalizando agora 21 mortos. Quanto aos infetados, o número subiu para 1.950 casos. 

Dados atualizados hoje, um mês depois da confirmação do primeiro caso positivo no Luxemburgo, a 29 de fevereiro.  


Covid-19. Luxemburgo tem a maior média de testes do mundo
Com 13.738 testes já realizados, o Grão-Ducado, em proporção, é o país que mais testes realiza no mundo.

Para receber os pacientes com sintomas suspeitos de infeção, o governo criou, nos últimos dias, quatro centros de saúde provisórios. 

O centro cultural de Grevenmacher, transformado em centro médico, está operacional desde ontem. Antes disso abriu em Ettelbruck, o ‘hall’ do Deich. Em Esch/Belval foi a Rockhal. E na cidade do Luxemburgo, está aberta aos doentes desde segunda-feira, a LuxExpo, no bairro de Kirchberg.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas