Escolha as suas informações

Coronavírus. Número de casos confirmados sobe para 51
Luxemburgo 13.03.2020

Coronavírus. Número de casos confirmados sobe para 51

Coronavírus. Número de casos confirmados sobe para 51

Foto: Peter Kneffel/dpa
Luxemburgo 13.03.2020

Coronavírus. Número de casos confirmados sobe para 51

Redação
Redação
Há mais 13 casos positivos de Covid-19, nas últimas 24 horas no Luxemburgo. Ontem foi confirmada a primeira vítima mortal do novo coronavírus, no Grão-Ducado, uma mulher doente de 94 anos.

O número de doentes infetados no país aumentou para 51 este sábado, mais 17 que na sexta-feira, que já tinha registado um aumento de oito casos relativamente a quinta-feira.  

 Há 93 pessoas em quarentena, adianta o L'Essentiel 

A epidemia do novo coronavírus fez também ontem a primeira vítima mortal no país.

Uma mulher doente de 94 anos que se encontrava em estado grave não resistiu à infeção tendo falecido, nesta sexta-feira, anunciou a ministra da Saúde Paulette Lenners.

"Estamos a trabalhar diariamente para conter a situação", disse Paulette Lenert, na conferência de imprensa de hoje, salientando que as pessoas idosas são particularmente vulneráveis à  infeção. "Devemos estar vigilantes e manter a distância" para com estas pessoas, disse a ministra Corinne Cahen.


Os cuidados que deve ter nesta fase de combate ao coronavírus
Na fase mais crítica, a da mitigação da doença, há que redobrar os cuidados e aplicar outros.

Além das medidas de prevenção anunciadas ontem pelo primeiro-ministro Xavier Bettel e pela ministra da Saúde, as autoridades aconselham todos os residentes a seguirem seriamente os conselhos de higiene e de cuidados pessoais para evitar o contágio pela doença. Sobretudo, adotá-las na população mais idosa.



Notícias relacionadas

Rockhal e LuxExpo abrem portas à pandemia
Além da sala de espetáculos de Esch-sur-Alzette, a LuxExpo também vai reforçar a capacidade de resposta dos quatro hospitais luxemburgueses destacados para o combate ao novo coronavírus. As termas de Mondorf vão ser readaptadas tal como o Däichhal em Ettelbruck.
Imagem do exercício antiterrorista que se realizou hoje na Rockhal (Belval) em 2019