Escolha as suas informações

Coronavírus gera onda de solidariedade no Luxemburgo
Luxemburgo 16.03.2020

Coronavírus gera onda de solidariedade no Luxemburgo

Coronavírus gera onda de solidariedade no Luxemburgo

Foto: MINT
Luxemburgo 16.03.2020

Coronavírus gera onda de solidariedade no Luxemburgo

Susy MARTINS
Susy MARTINS
“Volunteer help agains Corona-Luxembourg” e “Zesummen stark” são dois exemplos de páginas na rede social Facebook que propõem ajuda à população.

A situação difícil que se está a viver no Luxemburgo devido ao coronavírus está a gerar uma onda de solidariedade. Com a população a mobilizar-se, sobretudo nas redes sociais. Há pessoas a oferecer disponibilidade e tempo àqueles que não têm.

Pessoas que têm de trabalhar e que não têm com quem deixar os filhos podem, por exemplo, encontrar em grupos criados nas redes sociais quem se ofereça para guardar crianças.

Mas é sobretudo a pensar na população de risco que há mais voluntarismo.

Pessoas com mais de 65 anos ou vulneráveis podem, por exemplo, pedir aos voluntários desses grupos compras no supermercado, passeios com os seus animais domésticos ou aviar medicamentos nas farmácias.

Para as pessoas que vivem sozinhas e que sentem o peso da solidão, também há a possibilidade de encontrar alguém que disponibilize simplesmente do seu tempo para falar por telefone ou através das redes sociais.

“Volunteer help agains Corona-Luxembourg” e “Zesummen stark” são dois exemplos de páginas na rede social Facebook que propõem ajuda à população.  


Notícias relacionadas

EDITORIAL: Nação Facebook
As redes sociais são terreno fértil para notícias falsas, onde uma mentira mil vezes repetida passa por ser verdade. É aqui que devem intervir os media tradicionais, que têm o dever de contrapoder e de de verificar as informações.
10.11.Facebook / Prozess gegen Hass auf sozialen Medien foto:Guy Jallay