Escolha as suas informações

Coronavírus. 21 pessoas em quarentena no Luxemburgo
Luxemburgo 2 min. 03.03.2020

Coronavírus. 21 pessoas em quarentena no Luxemburgo

Segundo o diretor da Saúde, "a melhor forma de prevenir o contágio do novo coronavírus é a lavagem frequente de mãos", sendo "tão eficaz como utilizar desinfetante".

Coronavírus. 21 pessoas em quarentena no Luxemburgo

Segundo o diretor da Saúde, "a melhor forma de prevenir o contágio do novo coronavírus é a lavagem frequente de mãos", sendo "tão eficaz como utilizar desinfetante".
Foto: Soeren Stache/dpa-Zentralbild/dp
Luxemburgo 2 min. 03.03.2020

Coronavírus. 21 pessoas em quarentena no Luxemburgo

Redação
Redação
Informação foi confirmada pelo Ministério da Saúde.

O Ministério da Saúde informou esta terça-feira que há 21 pessoas em quarentena no Luxemburgo, devido a suspeitas de infeção pelo novo coronavírus Covid-19.

Em situação de quarentena, um indivíduo deverá permanecer em casa ou num centro de quarentena por um período de catorze dias. O Luxemburgo registou recentemente o primeiro caso de infeção por Covid-19, um homem de 40 anos que está internado no Centro Hospitalar do Luxemburgo. O indivíduo voltou recentemente de Itália, via aeroporto de Charleroi, na Bélgica.


Covid-19. Farmácias praticamente sem máscaras mas governo tem reservas
A ministra reconhece que há já muitas farmácias sem máscaras descartáveis e geles desinfetantes, mas garante que as autoridades sanitárias dispõem de um ‘stock’ nacional.

Desde o fim de semana passado está ativada uma célula de crise, "Pandemia", para cordenar a resposta à comunicação e tratamento do surto de Covid-19 no país, onde se incluem a ministra da Saúde, Paulette Lenert, o ministro da Segurança Social, Romain Schneider, e o diretor-geral de Saúde,  Jean-Claude Schmit. 

No comunicado tornado público pelos deputados esta terça-feira pode ler-se que o Grão-Ducado continua a seguir as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e da União Europeia, nomeadamente a de isolar os casos suspeitos. Para já, o cancelamento de eventos em espaços fechados com mais de cinco mil pessoas adotado por França não se aplica para o Luxemburgo. "A abordagem luxemburguesa é a de fazer um tratamento caso a caso", acrescenta o documento. 

Usar máscara como prevenção "não tem utilidade"

Segundo o diretor da Saúde, "a melhor forma de prevenir o contágio do novo coronavírus é a lavagem frequente de mãos", sendo "tão eficaz como utilizar desinfetante". "O uso de máscara "não tem utilidade", acrescenta.

A ministra da Saúde, Paulette Lenert, garantiu recentemente que a população deve permanecer calma, não entrar em pânico, e seguir as medidas de prevenção como lavar muito bem as mãos e espirrar para o braço. Paulette Lenert pediu também a quem suspeitar estar infetado com o vírus para ligar para o 112 ou para a inspeção sanitária (247 85650) e não se deslocar às urgências

Vários membros do governo têm reunido recentemente com a União das Empresas Luxemburguesas (UEL, na sigla francesa) pra definir medidas a adotar em contexto laboral. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas