Escolha as suas informações

Copiloto da Luxair acusado de negligência em acidente
Luxemburgo 03.12.2016 Do nosso arquivo online
Saarbrücken, 2015

Copiloto da Luxair acusado de negligência em acidente

Saarbrücken, 2015

Copiloto da Luxair acusado de negligência em acidente

Foto: Becker Bredel
Luxemburgo 03.12.2016 Do nosso arquivo online
Saarbrücken, 2015

Copiloto da Luxair acusado de negligência em acidente

Um copiloto da Luxair foi esta semana formalmente acusado de um acidente durante uma decolagem no aeroporto de Saarbrücken, que deixou o avião seriamente danificado em 2015.

Um copiloto da Luxair foi esta semana formalmente acusado de um acidente durante uma decolagem no aeroporto de Saarbrücken, que deixou o avião seriamente danificado em 2015.

O acidente, que envolveu um Bombardier Q400, ocorreu a 30 de setembro de 2015. De acordo com o relatório final do departamento de investigação aeronáutica da Alemanha, o copiloto de 27 anos levantou o trem de pouso demasiado cedo. 

Numa gravação captada no cockpit podia ouvir-se o copiloto dizer "ups, desculpa" no momento do acidente. O avião não conseguiu decolar e deslizou 875 metros na pista antes de parar. Os tripulantes e os passageiros saíram ilesos do acidente. 

Um primeiro relatório publicado em fevereiro de 2016 sugeria um erro humano como uma possível causa e o último relatório confirma esta teoria. A falta de atenção do copiloto, o não respeito dos procedimentos de comunicação entre piloto e copiloto e, finalmente, a retirada prematura do trem de pouso foram apontados com as causas do acidente. 

Após o acidente, foi feito  um pedido à Bombardier para ajustar o seu plano, para que não seja possível levantar o trem de pouso antes do avião deixar a pista. 

O procurador de Saarbrücken pediu uma investigação sobre o copiloto por entender que este tinha colocado vidas em risco por negligência. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas