Escolha as suas informações

Controlos de velocidade: Radares fixos começam a funcionar hoje
Luxemburgo 16.03.2016 Do nosso arquivo online

Controlos de velocidade: Radares fixos começam a funcionar hoje

Um dos novos radares começa a funcionar hoje na estrada entre Roost e Mersch

Controlos de velocidade: Radares fixos começam a funcionar hoje

Um dos novos radares começa a funcionar hoje na estrada entre Roost e Mersch
Foto:Gerry Huberty
Luxemburgo 16.03.2016 Do nosso arquivo online

Controlos de velocidade: Radares fixos começam a funcionar hoje

Os primeiros dez radares fixos, que fiscalizam os limites de velocidade nas estradas luxemburguesas, estão operacionais a partir desta quarta-feira.

Os primeiros dez radares fixos, que fiscalizam os limites de velocidade nas estradas luxemburguesas, estão operacionais a partir desta quarta-feira.

A localização dos dez primeiros:

- Dorscheiderhäuschen -Hoscheid - Marnach

- Lipperscheid-Dellt

- Brouch - Reckange

- Oberpallen - Beckerich

- Schlammestee, Hespérange - Frisange

- Nó de Ettelbruck/Ingeldorf A7

- Heiderscheidergrund - Heiderscheid

- Merl

- Roost

- Waldhof - Gonderange

Em Abril, vão ser instalados mais dez radares exclusivamente de controlo da velocidade.

Como funcionam os novos radares fixos?

Os novos radares dispõem de um sistema de controlo e de sanção automatizados: quando o automóvel excede a velocidade autorizada, os dispositivos disparam, tirando uma fotografia do condutor no momento da infracção, de forma a este poder ser identificado.

Os condutores recebem a multa em casa e têm 45 dias para contestar a coima, se assim o desejarem.

A partir de 2017

Os radares que vão ser instalados nas estradas luxemburguesas a partir de 2017 vão poder detectar outras infracções além do excesso de velocidade. Os condutores que não respeitem o sinal vermelho nos semáforos, a distância de segurança entre veículos ou usem as passagens destinadas aos autocarros também vão poder ser "apanhados" pelos radares fixos.

De fora das malhas dos radares ficam os automobilistas que conduzem ao telefone ou não usem o cinto de segurança.

Só a partir de 2017 é que vão ser instalados os dez radares com tecnologia para detectar outras infracções, como o desrespeito da distância de segurança e dos semáforos e a utilização das passagens destinadas aos autocarros.

O excesso de velocidade constitui a maior causa de acidentes rodoviários no Luxemburgo, como recorda sempre o ministro da tutela, François Bausch, aquando das suas intervenções sobre segurança rodoviária.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas