Escolha as suas informações

Consulado Geral de Portugal no Luxemburgo retoma atendimento presencial a 4 de maio
Luxemburgo 27.04.2020 Do nosso arquivo online

Consulado Geral de Portugal no Luxemburgo retoma atendimento presencial a 4 de maio

Consulado Geral de Portugal no Luxemburgo retoma atendimento presencial a 4 de maio

Foto: Guy Jallay
Luxemburgo 27.04.2020 Do nosso arquivo online

Consulado Geral de Portugal no Luxemburgo retoma atendimento presencial a 4 de maio

Redação
Redação
O Consulado Geral estará aberto para atendimento presencial das 9h às 13h, de segunda a sexta-feira, com marcação.

A Embaixada de Portugal, em coordenação com o Consulado Geral, prevê que o inicio da normalização do funcionamento dos serviços consulares possa acontecer já a partir da próximo segunda-feira, dia 4 de Maio. O Consulado Geral estará aberto para atendimento presencial das 9h às 13h, de segunda a sexta-feira, sendo apenas atendidas as marcações efectuadas para esse período (marcar.luxemburgo@mne.pt ou através do telefone: 45 33 47) e, de preferência , os casos urgentes devidamente comprovados.  

Este processo obedecerá aos princípios gerais estabelecidos pela Direcção Geral dos Assuntos Consulares e das Comunidades Portuguesas, sobre orientação da Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas, estando sempre dependente a qualquer momento das circunstâncias e orientações das autoridades de saúde locais , nomeadamente as relativas à concentração de pessoas em serviços públicos, que determinarão as modalidades do atendimento consular presencial.

Medidas decididas na sequência do desconfinamento gradual decidido pelo Governo luxemburguês, com efeitos a partir de 20 do corrente. 

 



 


 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Relatório Anual de Segurança Interna
O número de cidadãos portugueses detidos no estrangeiro aumentou em 2014, passando de 1.521 para 1.658 (mais 137), segundo dados do Relatório Anual de Segurança Interna. Cinquenta estavam detidos no Luxemburgo, o sexto país com mais portugueses na prisão.