Escolha as suas informações

Construção. Falência da B2TP LUX afeta 20 operários

Construção. Falência da B2TP LUX afeta 20 operários

Foto: Lex Kleren
Luxemburgo 11.03.2019

Construção. Falência da B2TP LUX afeta 20 operários

O setor da construção civil emprega perto de 20 mil trabalhadores, sendo 80% de origem portuguesa.

Faliu mais uma empresa luxemburguesa do setor da construção civil. Desta vez foi a B2TP LUX, com sede em Bertrange, que caiu numa situação de insolvência, atirando 20 operários para o desemprego.

A empresa vivia uma situação turbulenta, desde o final do ano passado, com atrasos sistemáticos no pagamento dos salários.

A situação foi-se degradando, até à falência, declarada na quinta-feira passada, revela hoje, em comunicado, a central sindical OGBL.

O sindicato da construção civil, afeto à OGBL, está a defender os direitos dos trabalhadores afetados e convocou-os para uma reunião, agendada para esta quarta-feira, às 14h30.

O setor da construção civil emprega perto de 20 mil trabalhadores, sendo 80% de origem portuguesa, de acordo com estatísticas adiantadas pelas centrais sindicais OGBL e LCGB.

Avelino Gomes

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas

Plano social assinado: John Zink despede 50 trabalhadores
As centrais sindicais OGBL e LCGB e a empresa metalúrgica John Zink assinaram hoje um plano social para minimizar o impacto do despedimento coletivo de 50 trabalhadores da fabricante de peças industriais. A maioria entra no desemprego esta quinta-feira, dia 01 de junho de 2017.
Au total 50 salariés de la société métallurgique John Zink sont licenciés. La plupart dès ce 1er juin 2017.