Escolha as suas informações

Com fins medicinais: Petição exige legalização da cannabis no Luxemburgo

Com fins medicinais: Petição exige legalização da cannabis no Luxemburgo

Luxemburgo 06.02.2017

Com fins medicinais: Petição exige legalização da cannabis no Luxemburgo

Foi lançada uma petição na página da Internet do Parlamento do Luxemburgo que exige uma reforma legislativa que permita a legalização da cannabis medicinal para doentes graves que não tenham outra alternativa de terapêutica.

Foi lançada uma petição na página da Internet do Parlamento do Luxemburgo que exige uma reforma legislativa que permita a legalização da cannabis medicinal para doentes graves que não tenham outra alternativa de terapêutica.

De acordo com o autor e primeiro subscritor do documento, Kevin Raach, a substância deve poder ser receitada nestes casos, de forma a “aliviar o sofrimento dos doentes” em caso de doença crónica.

Esta é uma de sete novas petições, abertas ao público esta segunda-feira.

A petição pública 768 pode ser assinada até 20 de março, na página da Internet da Câmara dos Deputados (www.chd.lu): AQUI.

Se o documento recolher 4.500 assinaturas será organizado um debate público com a presença da ministra da Saúde.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas

Fumadores contra-atacam com petição no Parlamento
A petição para banir o fumo das esplanadas no Luxemburgo recolheu esta semana o número necessário de assinaturas para ser discutida no Parlamento, mas já tem contestação. A contra-petição n° 1083, ainda à espera de luz verde da Comissão de Petições, defende que a medida, a ser aprovada, discrimina os fumadores.
Para fins medicinais: Médico luxemburguês recomenda cannabis a doentes oncológicos
O médico de clínica geral e político luxemburguês, Jean Colombera, assume publicamente que continua a aconselhar o consumo de cannabis aos seus pacientes que sofrem de cancro. Esta posição surge numa altura em que há uma petição na página da Internet do Parlamento do Luxemburgo que exige a legalização da cannabis medicinal para doentes graves que não tenham outra alternativa de terapêutica.