Escolha as suas informações

CLC e OGBL com o mesmo objetivo: salvaguardar os empregos existentes
Luxemburgo 27.11.2020

CLC e OGBL com o mesmo objetivo: salvaguardar os empregos existentes

CLC e OGBL com o mesmo objetivo: salvaguardar os empregos existentes

Foto: Guy Jallay
Luxemburgo 27.11.2020

CLC e OGBL com o mesmo objetivo: salvaguardar os empregos existentes

Susy MARTINS
Susy MARTINS
CLC e OGBL estiveram reunidas esta quinta-feira para discutir o futuro do emprego no setor do comércio.

Criar vales para incentivar o consumo nos comércios. A reivindicação é da central sindical OGBL, apoiada pela Confederação Luxemburguesa do Comércio. 

Patronato e sindicato defendem a distribuição gratuita de vouchers à população para impulsionar o comércio, à imagem do vales de 50 euros que o Governo ofereceu, tanto a residentes como a trabalhadores transfronteiriços, para passar uma noite num hotel.Uma iniciativa, recorde-se, que arrancou no verão para promover férias no país.

Há também concordância entre ambas as partes no que respeita à constatação de rendas comerciais “demasiado elevadas” que constituem “um grande problema para os comerciantes”. 

Mas a harmonia entre OGBL e CLC fica por aqui. Já que, ao contrário do sindicato, a organização patronal não é a favor do congelamento das rendas comerciais.


Novo plano social para o banco RBC?
Em dezembro do ano passado foi assinado um plano social, em que ficou definido que 201 trabalhadores iriam perder o seu emprego.

Patronato e sindicato têm também pontos de vista opostos sobre os horários de abertura dos comércios, com a CLC a querer relançar o debate em prol da liberalização dos horários. Mas a OGBL não concorda. 

Onde não há divergências é nos objetivos. Tanto a organização patronal como a sindical querem “salvaguardar os empregos existentes” no setor do comércio. Para tal defendem a manutenção do diálogo entre parceiros sociais e a elaboração de plano de manutenção do emprego, em especial na área da moda, particularmente afetada pela crise.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas