Escolha as suas informações

Cidade do Luxemburgo quer poupar nas luzes de Natal
Luxemburgo 29.08.2022
Crise energética

Cidade do Luxemburgo quer poupar nas luzes de Natal

Crise energética

Cidade do Luxemburgo quer poupar nas luzes de Natal

Foto: Marc Wilwert/Arquivo LW
Luxemburgo 29.08.2022
Crise energética

Cidade do Luxemburgo quer poupar nas luzes de Natal

Redação
Redação
A capital está a estudar formas de reduzir o consumo de energia para enfrentar a atual escalada de preços.

Este ano, é possível que a iluminação da quadra natalícia seja ligada mais tarde, durante menos horas e em menos lugares da Cidade do Luxemburgo, revelou esta segunda-feira à RTL o vereador Patrick Goldschmidt.


Luxemburgo. Aquecimento dos edifícios públicos só até 20 graus este inverno
O ministro da Energia anunciou esta quinta-feira uma primeira medida, dirigida às comunas, para poupar no consumo de gás, face à crise energética que se avizinha para os próximos meses

"Vamos ter luzes de Natal, mas serão muito menos que nos últimos anos", explicou, acrescentando que já estão a decorrer conversações com o serviço de iluminação municipal para encontrar formas de reduzir o consumo energético.

Estão a ser consideradas alterações "em termos de duração, começando talvez mais tarde, ou assegurando que as luzes são desligadas mais cedo, ou não colocando luzes em algumas ruas menos comerciais". "Devo acrescentar que eletricidade será consumida, naturalmente", salvaguardou.

Não deverá haver pista de gelo

O espírito natalício continuará bem visível na capital, quer nas ruas centrais, quer no Winterlights, festival de luz e animação que acontece todos os anos. 

Contudo, a pista de gelo deverá ser retirada do programa. "Neste momento, penso que seria irresponsável insistir em mantê-la", observa Patrick Goldschmidt.


Piscine de Grevenmacher.
Piscina de Grevenmacher fecha mais cedo para poupar energia
É apenas uma das medidas divulgadas esta quarta-feira pela comuna da cidade.

Nas últimas semanas, têm sido várias as medidas divulgadas pelas comunas do Luxemburgo e pelo governo para poupar energia, como o encerramento antecipado da piscina de Grevenmacher e a limitação do aquecimento em edifícios públicos a 20 graus, respetivamente.

O Contacto tem uma nova aplicação móvel de notícias. Descarregue aqui para Android e iOS. Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas