Escolha as suas informações

Cidadão morto pela polícia em Bonnevoie era holandês
Luxemburgo 19.04.2018 Do nosso arquivo online

Cidadão morto pela polícia em Bonnevoie era holandês

Cidadão morto pela polícia em Bonnevoie era holandês

Foto: Guy Jallay
Luxemburgo 19.04.2018 Do nosso arquivo online

Cidadão morto pela polícia em Bonnevoie era holandês

Autoridades revelam resultado da autópsia e indicam que o homem tinha 51 anos, vivia na Alemanha e estava inibido de conduzir devido a várias infrações de trânsito.

As autoridades luxemburguesas revelaram que o homem atingido mortalmente pelo disparo de um agente policial em Bonnevoie, no passado dia 11, era um cidadão holandês de 51 anos que vivia na Alemanha.

De acordo com o comunicado divulgado hoje por uma porta-voz da administração judiciária, o homem "era conhecido das autoridades judiciárias e policiais do Luxemburgo por diversas infrações ao Código da Estrada no território do Grão-Ducado e estava sob interdição de conduzir".

O documento indica ainda que "o inquérito da Inspeção-geral da polícia sobre o assunto prossegue".

Recorde-se que a polícia Grã-Ducal agiu para imobilizar um Mercedes preto cujo condutor não obedeceu a uma ordem de paragem num controlo de rotina, na rue des Ardennes, perto da igreja de Bonnevoie.

Segundo fontes policiais, o condutor procurou escapar-se a um controlo policial de rotina e tentou atropelar um agente que, de imediato, reagiu com disparos sobre o veículo. A viatura acabou por embater numa árvore da place Léon XIII na tentativa de fuga.

De início gravemente ferido, o fugitivo foi assistido no local e posteriormente transportado ao hospital. Contudo, acabou por não resistir aos ferimentos e faleceu.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Condutor morre depois de alvejado pela polícia
O homem que esta tarde tentou fugir à polícia em Bonnevoie, na cidade do Luxemburgo, e foi alvejado na fuga, acabou por não resistir aos ferimentos provocados pelas balas e morreu, de acordo com informação policial.