Escolha as suas informações

Cerca de 2000 quartos disponíveis para transfronteiriços
Luxemburgo 18.03.2020 Do nosso arquivo online

Cerca de 2000 quartos disponíveis para transfronteiriços

Cerca de 2000 quartos disponíveis para transfronteiriços

Foto: AFP
Luxemburgo 18.03.2020 Do nosso arquivo online

Cerca de 2000 quartos disponíveis para transfronteiriços

Redação
Redação
Cerca de 62% dos trabalhadores do sistema de saúde do Luxemburgo vivem na Alemanha, Bélgica e França.

Os trabalhadores transfronteiriços do setor da saúde foram convidados, na segunda-feira, a mudarem-se com as suas famílias para o Grão-Ducado para estarem o mais próximo possível do seu local de trabalho. 

As unidades hoteleiras e particulares comunicaram as suas disponibilidades ao  Ministério das Classes Médias e do Turismo. Até agora foram disponibilizadas cerca de duas mil camas. "O que superou as nossas expetativas", reconhece o Governo. Atualmente, cerca de 18 mil profissionais do setor da saúde e da assistência estão todos mobilizados para o combate ao coronavírus Covid-19. 

As três "Maisons médicales" do Luxemburgo acolhem a partir desta quarta-feira, 18 de março, pacientes que apresentam sintomas do coronavírus Covid-19.  O objetivo é concentrar os pacientes potencialmente infetados fora dos serviços de urgência. O governo luxemburguês decretou o estado de emergência durante os próximos três meses, até junho. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas