Escolha as suas informações

Cerca de 1.400 vacinados tiveram efeitos secundários
Luxemburgo 20.05.2021

Cerca de 1.400 vacinados tiveram efeitos secundários

Centro de vacinação Hall Victor Hugo, na capital.

Cerca de 1.400 vacinados tiveram efeitos secundários

Centro de vacinação Hall Victor Hugo, na capital.
Foto: Gerry Huberty/Luxemburger Wort
Luxemburgo 20.05.2021

Cerca de 1.400 vacinados tiveram efeitos secundários

Susy MARTINS
Susy MARTINS
Todas as vacinas anticovid-19 podem ter efeitos secundários. O mesmo acontece com outros fármacos contra outras doenças.

Mas nunca se falou tanto dos efeitos secundários como agora devido às vacinas contra a covid-19. Para tranquilizar a população, o Diretor da Saúde, Jean-Claude Schmit, insiste que as complicações graves devido à vacinação são “muito raras”. 

Na conferência de imprensa desta quarta-feira, o médico revelou que há registo de quase 1.400 pessoas que sentiram efeitos secundários após a vacinação contra a covid-19, no Luxemburgo, desde o início da campanha, em dezembro de 2020. Dos 1.400 casos, 34 necessitaram internamento hospitalar.

No entanto, segundo Jean-Claude Schmit, na maioria dos casos não foi possível estabelecer uma ligação com a toma da vacina, sendo que quatro pessoas tiveram uma reação alérgica grave.

O Diretor da Saúde disse ainda que nas últimas semanas, morreram dois homens algumas semanas após terem sido vacinados, um com 88 anos e outro com 64 anos. Porém, também aqui não foi possível estabelecer uma ligação direta com a vacinação.

A ministra da Saúde, Paulette Lenert, informou ainda que o certificado verde digital deverá entrar em vigor a partir de finais de junho ou início de julho, sendo que o Luxemburgo aguarda que a União Europeia defina os critérios para aderir a esta medida.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas