Escolha as suas informações

Centro Hospitalar do Luxemburgo continua com uma grande carga de trabalho
Luxemburgo 17.03.2021

Centro Hospitalar do Luxemburgo continua com uma grande carga de trabalho

Centro Hospitalar do Luxemburgo continua com uma grande carga de trabalho

Foto: Pierre Matgé/Luxemburger Wort
Luxemburgo 17.03.2021

Centro Hospitalar do Luxemburgo continua com uma grande carga de trabalho

Susy MARTINS
Susy MARTINS
Neste primeiro ano de pandemia o Centro Hospitalar do Luxemburgo cuidou de cerca de 900 pacientes infetados com covid-19, sendo que 95 estiveram internados nos cuidados intensivos.

A carga de trabalho no Centro Hospitalar do Luxemburgo (CHL) continua a ser muita para os profissionais de saúde, um ano após ter recebido o primeiro paciente com covid-19.Numa publicação na rede social Facebook, o CHL sublinha que os profissionais de saúde que trabalham na linha da frente nunca viveram situação semelhante.


Luxemburgo regista sete mortes nas últimas 24 horas
Entre ontem e hoje foram também confirmados mais 297 novos infetados.

Neste primeiro ano de pandemia o Centro Hospitalar do Luxemburgo cuidou de cerca de 900 pacientes infetados com covid-19, sendo que 95 estiveram internados nos cuidados intensivos. Note-se que dos quase 700 óbitos registados no Grão-Ducado devido ao SARS-COV-2, 127 morreram no CHL.

Embora já se tenha começado a vacinar, as hospitalizações no Luxemburgo teimam em não baixar. Pelo contrário, têm aumentado gradualmente. 

Há atualmente 113 pessoas com covid-19 internadas nos quatro hospitais do país. Dessas, 25 estão em unidades de cuidados intensivos.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

“Que se diga que é a segunda vaga ou não, não é importante. Facto é que o número de casos de covid-19 tem aumentado no Luxemburgo”. Palavras proferidas esta manhã pelo diretor-geral do Centro hospitalar do Luxemburgo, Romain Nati, em entrevista à RTL.