Escolha as suas informações

Centena de pessoas prestou homenagem à criança atropelada mortalmente em Wiltz
A cerimónia teve lugar na rua Grande-Duchesse Charlotte, perto do hospital da cidade, no fatídico local do acidente.

Centena de pessoas prestou homenagem à criança atropelada mortalmente em Wiltz

Foto: RC
A cerimónia teve lugar na rua Grande-Duchesse Charlotte, perto do hospital da cidade, no fatídico local do acidente.
Luxemburgo 12.01.2019

Centena de pessoas prestou homenagem à criança atropelada mortalmente em Wiltz

Cerca de uma centena de pessoas, entre familiares, amigos e vizinhos, juntou-se este sábado, em Wiltz, cerca das 15h, para prestar homenagem junto do local onde a criança de 2 anos foi atropelada mortalmente pelo pai no dia 2 de janeiro naquela cidade do norte do país.

A cerimónia teve lugar na rua Grande-Duchesse Charlotte, perto do hospital da cidade, no fatídico local do acidente.

Recorde-se que a criança seguia no carrinho de bebé, empurrado pela mãe – antiga companheira do autor do ataque –, quando foi violentamente atropelado, no dia 2 de janeiro, cerca das 15h. A criança não sobreviveu e a mãe teve de ser internada. Outras três pessoas, dois adultos e um bebé de 10 meses, também ficaram feridos.

O autor do atropelamento, de 47 anos, aguarda julgamento em prisão preventiva. É acusado de homicídio voluntário com premeditação e assassínio, ambos nas formas consumadas e tentadas por ter atropelado deliberada e brutalmente um grupo cinco pessoas, incluindo, a ex-companheira e o próprio filho.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas

Atropelamento mortal/Wiltz: Condutor fica em prisão preventiva
Prisão preventiva para o autor do atropelamento mortal de quarta-feira em Wiltz, que provocou a morte de uma criança de dois anos e ferimentos noutras quatro. Foi essa a medida de coação decretada ontem pelo juiz de instrução do tribunal da comarca de Diekirch, informou o Ministério Público. O homem arrisca prisão perpétua.