Escolha as suas informações

Cavaco Silva representa Portugal no funeral do Grão-Duque Jean
Luxemburgo 30.04.2019 Do nosso arquivo online

Cavaco Silva representa Portugal no funeral do Grão-Duque Jean

Cavaco Silva representa Portugal no funeral do Grão-Duque Jean

Luxemburgo 30.04.2019 Do nosso arquivo online

Cavaco Silva representa Portugal no funeral do Grão-Duque Jean

Foi o próprio Marcelo Rebelo de Sousa quem pediu ao antigo chefe de Estado para assumir a representação portuguesa na cerimónia fúnebre.

O ex-Presidente da República, Cavaco Silva, vai representar Portugal no funeral do Grão-Duque Jean, no próximo dia 4 de maio, a pedido do atual chefe de Estado, Marcelo Rebelo de Sousa.

Numa nota colocada no site da Presidência da República na Internet, Marcelo Rebelo de Sousa justifica a representação de Portugal no funeral "a alto nível" com "as relações muito próximas e intensas entre o Luxemburgo e Portugal" e também com "o papel relevante" da comunidade portuguesa naquele "País amigo e parceiro na União Europeia".

"O Presidente da República, de acordo com o Governo, solicitou ao ex-chefe de Estado Aníbal Cavaco Silva para representar Portugal nas exéquias do Grão-Duque Jean, que exerceu funções entre 1964 e 2000, período determinante para a instalação e integração dos portugueses", lê-se ainda na nota de Belém.

No passado dia 23, após ser anunciado o óbito, Marcelo recordou o Grão-Duque Jean como "grande estadista" e "amigo fiel de Portugal", numa mensagem de condolências enviada ao atual Grão-Duque, o seu filho Henri. O Presidente português lembrou "a forte ligação" do pai do monarca a Portugal, "sustentada em laços familiares e no papel que desempenhou no seu reinado".

Segundo o Presidente da República, Jean do Luxemburgo foi "protagonista maior de um longo período de desenvolvimento do seu país, de construção da casa comum europeia e com inestimável amizade por parte da comunidade portuguesa e luso descendente residente no Luxemburgo". Marcelo Rebelo de Sousa realizou uma visita de Estado ao Luxemburgo em maio de 2017.

Lusa

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas

Fátima/Wiltz: Recebido como uma estrela pop, Marcelo promete voltar se portugueses se recensearem
Marcelo foi recebido em Wiltz como uma estrela "pop”, com o discurso interrompido com palmas e gritos de “Marcelo! Marcelo!", num ambiente de verdadeira euforia. David Carreira tinha atuado antes do encontro com a comunidade portuguesa no Luxemburgo, mas o Presidente da República rivalizou em popularidade com o cantor. Um momento que Marcelo aproveitou para repetir o apelo ao recenseamento dos portugueses no Luxemburgo, no que tem sido o seu mantra nesta visita de Estado.
Novo PR: Marcelo promete ser Presidente de “todos sem excepção”
(em actualização) Marcelo promete ser Presidente de “todos sem excepção” O novo chefe de Estado prometeu hoje que será o Presidente de "todos sem excepção", do princípio ao fim do mandato, sem querer ser mais do que a Constituição permite ou aceitar menos do que a Lei Fundamental impõe.
Nova e antigo Presidente da República