Escolha as suas informações

Casos de covid-19 na comunidade escolar de Differdange
Luxemburgo 2 min. 30.06.2020

Casos de covid-19 na comunidade escolar de Differdange

Casos de covid-19 na comunidade escolar de Differdange

Foto: Chris Karaba
Luxemburgo 2 min. 30.06.2020

Casos de covid-19 na comunidade escolar de Differdange

Manuela PEREIRA
Manuela PEREIRA
Diretor do Ensino Fundamental da Região garante que a transmissão ocorreu fora do ambiente escolar, numa carta a que a Rádio Latina teve acesso.

“Vários casos de covid-19 foram detetados na comunidade escolar do ensino fundamental da região de Differdange, nos últimos dias. Os alunos e professores das turmas afetadas estão em quarentena”. A informação é do diretor do Ensino Fundamental da Região de Differdange, Marc Bodson e é avançada numa carta que o próprio diretor enviou esta segunda-feira, dia 29 de junho, aos pais de alunos, e a que a Rádio Latina teve acesso.

Na missiva, o diretor Marc Bodson assegura que “todas as medidas [de segurança] previstas pelo Ministério da Saúde foram tomadas. A Inspeção Sanitária informou os pais dos alunos afetados e decidiu colocar em quarentena os alunos e professores que fazem parte das turmas, das quais um membro foi testado positivo [no teste de covid-19]”.

Na carta, este responsável do Ministério da Educação não revela o número de crianças e pessoal docente infetados pelo novo coronavírus nas escolas da comuna de Differdange. Sabe-se apenas que os casos positivos foram diagnosticados em crianças e professores de escolas do ensino fundamental (pré-escolar e primária). Mas Marc Bodson descarta que as pessoas tenham sido infetadas nos estabelecimentos escolares, sublinhando que “até ao momento, não há registo de contaminações nas nossas escolas. As transmissões ocorreram fora do ambiente escolar, ou seja em contexto privado”.

Cerca de 2.860 alunos frequentam as cinco escolas fundamentais da terceira maior comuna do país. A comuna de Differdange tem cinco escolas fundamentais, nomeadamente em Woiwer, Oberkorn, Niederkorn, Fousbann & Lasauvage, e na própria cidade de Differdange. O número de pessoal docente eleva-se a cerca de 360, segundo dados publicados no site da comuna (em www.differdange.lu).

Estes casos de infeção na comunidade escolar de Differdange surgem depois de o ministro da Educação, Claude Meisch, ter confirmado no domingo, que cinco crianças que frequentam a escola fundamental “Millermoaler”, em Wiltz, terem sido infetadas em ambiente extraescolar. 

Já esta segunda-feira, o ministro Meisch revelou, por via parlamentar, haver registo de pelo menos nove alunos e dois professores infetados nos liceus do país desde a retoma do ensino presencial, ou seja desde o dia 4 de maio no caso da comunidade escolar do ensino secundário.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas