Escolha as suas informações

Candidaturas à presidência do CSV têm de ser entregues até ao final do dia de hoje
Luxemburgo 09.01.2019

Candidaturas à presidência do CSV têm de ser entregues até ao final do dia de hoje

Marc Spautz anunciou em dezembro que não será candidato à sua própria sucessão.

Candidaturas à presidência do CSV têm de ser entregues até ao final do dia de hoje

Marc Spautz anunciou em dezembro que não será candidato à sua própria sucessão.
Foto: Chris Karaba
Luxemburgo 09.01.2019

Candidaturas à presidência do CSV têm de ser entregues até ao final do dia de hoje

Termina hoje o prazo para a entrega de candidaturas à presidência do Partido Cristão Social (CSV). Segundo informações apuradas pela RTL, há alguns nomes na calha para preencher o lugar deixado vago por Marc Spautz.

O nome do sucessor de Spautz deverá ser conhecido no congresso nacional do CSV, marcado para o dia 26 deste mês. Nessa data serão também conhecidos os novos adjuntos assim como o secretário-geral do partido.

No que toca ao posto de secretário-geral, até aqui nas mãos de Laurent Zeimet, haverá pelo menos um candidato. Segundo a rádio luxemburguesa, trata-se do deputado Felix Eischen. Para a presidência, fala-se no nome de Frank Engel, atual eurodeputado, que, em dezembro, numa entrevista à RTL, terá manifestado o interesse em liderar o CSV. Serge Wilmes, Diane Adehm e Gilles Roth são outros dos nomes que têm sido apontados para a sucessão de Spautz.

A eleição dos novos presidente, adjuntos e secretário-geral do CSV vem completar a renovação no seio do maior partido da oposição. As alterações surgem depois de, no início do mês passado, Martine Hansen ter substituído Claude Wiseler na liderança da bancada parlamentar do partido.

As mexidas acontecem na sequência das eleições legislativas de outubro, nas quais o CSV voltou a ser o partido mais votado, mas sem maioria absoluta, abrindo caminho à continuidade da coligação entre liberais, socialistas e ecologistas.

Diana Alves


Notícias relacionadas