Escolha as suas informações

Breves Luxemburgo 23.07.2019

Calor. Alerta amarelo para esta tarde. Laranja para amanhã.

O Luxemburgo vai estar esta tarde sob alerta amarelo, devido à previsão de calor.

O serviço luxemburguês de meteorologia, MeteoLux. prevê que a temperatura máxima chegue aos 35 graus. O alerta amarelo vai vigorar entre as 13:00 e as 21:00.

Atenção, que amanhã o país vai estar sob alerta laranja, com as temperaturas que poderão atingir os 37 graus. Á noite, as temperaturas deverão continuar a cima dos 20°C.

O alerta laranja vai vigorar entre as 12:00 e as 20:00.

Nos dias seguintes, as temperaturas vão aumentar ainda mais e poderão mesmo atingir os 40 graus na próxima quinta-feira.

Não se esqueça do protetor solar, chapéu e óculos de sol em casa. Beba muita água e evite o consumo de álcool para não desidratar.

Breves Sociedade por Henrique DE BURGO Há 58 minutos

Taxas de residentes que consultam sites do Governo cai para 30%

O Luxemburgo está entre os Estados-membros com a pior média. 

O número de residentes no Luxemburgo que consulta os sites do Governo caiu dois pontos percentuais no último ano. De acordo com o novo relatório do Eurostat sobre o acesso a serviços digitais do Estado em 2020, divulgado recentemente, 30% dos residentes consultaram sites governamentais, quando em 2019 eram 32%. Com este resultado, o Luxemburgo é o quinto Estado-membro com a pior média, só melhor do que Roménia (10%), Itália (19%), Bulgária (19%) e Polónia (27%).

No topo da tabela, com 89%, a Dinamarca tem a maior taxa de residentes que procuram os sites do Estado para realizar alguns procedimentos ou procurar informações. Finlândia (85%) e Países Baixos (81%) fecham o pódio dos países com maior acesso digital à administração pública. Já Portugal está três lugares acima do Luxemburgo, com 39%, também abaixo da média europeia, que é de 47%.  

Breves Luxemburgo por Diana ALVES Hoje às 08:08

Jovem desaparecida desde sábado apresentou-se numa esquadra da polícia

A jovem de 21 anos sofre de uma doença que requer medicação e tratamentos.

Narges Hosseinpoor, a jovem de 21 anos que não era vista desde a noite de sábado passado, apareceu, segundo informação divulgada esta terça-feira de manhã pela polícia. 

A jovem apresentou-se na tarde de ontem numa esquadra da polícia da cidade do Luxemburgo. As autoridades não adiantam mais detalhes sobre o caso ou sobre o estado de saúde da jovem. O desaparecimento de Narges Hosseinpoor, no passado sábado, gerou preocupação visto que a jovem sofre de uma doença que requer medicação e tratamentos.  

Breves Luxemburgo 08.03.2021

Quatro sessões públicas marcam a atualidade desta semana no Parlamento

Os parlamentares têm esta semana uma agenda bem preenchida. Para além dos trabalhos nas várias comissões parlamentares, os deputados vão ainda reunir-se com certos membros do Governo em quatro sessões públicas no Cercle Cité.

Na terça-feira, por exemplo, vai ser abordada uma proposta de lei que visa punir as pessoas que filmam ou fotografam roupa interior ou partes íntimas de alguém sem o seu consentimento. Nessa sessão vai ainda ser abordada a questão da delinquência juvenil e a falta de alojamentos de urgência.

Na quarta-feira os deputados vão abordar várias temáticas, nomeadamente o bem-estar no trabalho e os distúrbios comportamentais junto dos jovens, devido à crise sanitária.

A pandemia da covid-19 vai ainda ser tema nas sessões de quinta e sexta-feira. Na quinta-feira os parlamentares vão debater a terceira fase de testagem em larga escala, enquanto na sexta-feira o projeto de lei que prevê prolongar as medidas sanitárias até 2 de abril, irá a votos.  

Breves Sociedade 08.03.2021

Luxemburgo tem os profissionais de saúde mais jovens da UE

Estão na linha da frente da luta contra a pandemia e, por cá, são particularmente jovens. Novos dados do Eurostat referentes ao terceiro trimestre de 2020 indicam que o Luxemburgo é o país da União Europeia (UE) onde os profissionais de saúde são mais jovens.

De acordo com as estatísticas divulgadas hoje no site do instituto europeu, 43% das pessoas que trabalham na área da saúde no Grão-Ducado têm entre 15 e 34 anos de idade. A taxa inclui médicos, enfermeiros, parteiras e outros profissionais da área da prestação de cuidados de saúde, supondo-se que abranja também jovens em formação ou estágio (o que poderá explicar o facto de ter em conta jovens a partir dos 15 anos).

A situação no Luxemburgo, no que toca à idade dos trabalhadores do setor da saúde, contrasta com a da maioria dos Estados-membros da UE, onde a principal proporção destes profissionais tem entre 35 e 49 anos. Nas estatísticas do Eurostat, o Grão-Ducado aparece não só como o país com a taxa mais elevada de profissionais da saúde dos 15 aos 34 anos, como é, aliás, o único onde essa faixa etária equivale à maior fatia do total.