Escolha as suas informações

Cafés e restaurantes da capital vão poder ter esplanadas maiores
Luxemburgo 11.03.2021 Do nosso arquivo online

Cafés e restaurantes da capital vão poder ter esplanadas maiores

Cafés e restaurantes da capital vão poder ter esplanadas maiores

Foto: Chris Karaba/Luxemburger Wort
Luxemburgo 11.03.2021 Do nosso arquivo online

Cafés e restaurantes da capital vão poder ter esplanadas maiores

Diana ALVES
Diana ALVES
Medida já tinha sido aplicada após o primeiro confinamento no ano passado. Cafés e restaurantes vão continuar fechados até pelo menos 2 de abril.

A cidade do Luxemburgo vai voltar a permitir o alargamento das esplanadas de cafés e restaurantes, quando voltarem a poder acolher clientes. Segundo o jornal L’Essentiel, mesmo aqueles que não tinham esplanada poderão vir a ter. De acordo com o diário, que cita o vereador Serge Wilmes, a medida da autarquia da capital tem como objetivo "acompanhar a recuperação dos restaurantes e cafés logo que estes possam abrir". 

A medida já tinha sido aplicada no ano passado após o primeiro confinamento, em que a comuna da capital permitia aos estabelecimentos alargarem os seus espaços no exterior, de forma a que fosse possível manter a distância entre clientes sem reduzir drasticamente o número de mesas.

Tal como aconteceu em maio de 2020, também desta vez os proprietários interessados terão de fazer um pedido à autarquia. Serge Wilmes afirma ao jornal que a comuna "fará de tudo para responder positivamente". Numa altura em que o setor continua de portas fechadas, a medida poderá aliviar as dificuldades na retoma económica de muitos estabelecimentos. 


Números da pandemia. 51 conferências covid-19, 500 concertos cancelados e 128 dias sem restaurantes
Contas foram feitas pela revista Paperjam.

A federação da Horesca pediu recentemente ao Governo para permitir a abertura parcial do setor, que passaria por abrir os estabalecimentos com esplanadas. Mas, até agora, a reivindicação não obteve luz verde.    

Cafés e restaurantes vão permanecer fechados pelo menos até ao próximo dia 2 de abril. O Governo decidiu prolongar a atual 'lei covid' até esta data, ficando tudo como está ao nível das medidas restritivas

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas