Escolha as suas informações

Cafés, bares e restaurantes preparam-se para reabrir as esplanadas a partir de quarta-feira
Luxemburgo 06.04.2021

Cafés, bares e restaurantes preparam-se para reabrir as esplanadas a partir de quarta-feira

Cafés, bares e restaurantes preparam-se para reabrir as esplanadas a partir de quarta-feira

Foto: Chris Karaba/Luxemburger Wort
Luxemburgo 06.04.2021

Cafés, bares e restaurantes preparam-se para reabrir as esplanadas a partir de quarta-feira

Manuela PEREIRA
Manuela PEREIRA
As previsões meteorológicas não estão a facilitar a tarefa dos profissionais do setor.

Os estabelecimentos da restauração voltam a poder receber clientes, mas só ao ar livre. A abertura, muito aguardada pelos setor, surge quatro meses após o Governo ter decretado novo encerramento do setor para combater a pandemia.

Desde 26 de novembro do ano passado, que só é permitida a abertura das cozinhas dos restaurantes para entregas ao domicílio e take away. A abertura das esplanadas a partir de 7 de abril não é suficiente de acordo com o setor, que exige a reabertura total de cafés, bares e restaurantes.

Com a reabertura limitada de 7 abril os restaurantes e bares têm novas regras: as mesas estão limitadas a duas pessoas, exceto se forem do mesmo agregado familiar. As pessoas terão de colocar a máscara assim que se levantem da mesa. As esplanadas só poderão ainda funcionar entre as 06h às 18h. 

Uma das medidas que estava inicialmente prevista mas que não vai para a frente é o registo de dados dos clientes que frequentam estes espaços. O texto da proposta foi criticado por alguns deputados parlamentares da comissão da Saúde. 


Clément Elie, o rosto da revolta da restauração
Esta sexta-feira os trabalhadores dos hotéis, dos restaurantes e dos cafés concentram-se pela quinta vez na Place d’Armes desde dezembro para exigir a abertura dos seus estabelecimentos. As esplanadas podem operar a partir de 7 de abril, sim, mas Clément Elie diz que isso não é mais do que areia nos olhos dos cidadãos. História do barman de Diekirch que lidera a contestação.

As previsões meteorológicas não estão a facilitar a tarefa destes profissionais. O MeteoLux lançou esta quarta-feira de manhã um aviso amarelo para o norte do país, devido à previsão de ocorrência de precipitações sob a forma de neve, granizo e trovoadas.

O setor da Horeca tem sido um dos mais afetados pela crise pandémica. Patrões e trabalhadores têm saído à rua nos últimos meses reivindicando mais medidas de apoio ao setor e a reabertura total destes espaços. A última manifestação ocorreu menos de 24 horas depois da aprovação da reabertura das esplanadas pelo Parlamento.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas