Escolha as suas informações

Cada vez mais pessoas queixam-se da forma como são tratadas nos centros de vacinação
Luxemburgo 19.04.2021

Cada vez mais pessoas queixam-se da forma como são tratadas nos centros de vacinação

Centro de vacinação Hall Victor Hugo, na capital.

Cada vez mais pessoas queixam-se da forma como são tratadas nos centros de vacinação

Centro de vacinação Hall Victor Hugo, na capital.
Foto: Gerry Huberty/Luxemburger Wort
Luxemburgo 19.04.2021

Cada vez mais pessoas queixam-se da forma como são tratadas nos centros de vacinação

Susy MARTINS
Susy MARTINS
Há cada vez mais pacientes a apresentar queixa à Associação dos Doentes porque o certificado do médico de família, onde consta os antecedentes médicos, não é respeitado pelo médico do centro de vacinação.

Num comunicado conjunto, a Associação dos Doentes e a União Luxemburguesa do Consumidor (ULC) dizem que após o último comunicado, enviado pelas duas organizações - que denunciava o facto de alguns pacientes considerados "vulneráveis" se queixarem da forma como são tratados nos centros de vacinação relativamente à vacina contra a covid-19 a administrar - , no geral há cada vez mais pacientes a ligar com o mesmo tipo de queixas. 

Sem especificar números, as duas organizações acusam a Associação dos Médicos e Médicos Dentistas (AMMD) de "traição" aos médicos de família, quando defendem que os médicos nos centros de vacinação sabem melhor decidir que marca da vacina escolher. No documento pode ainda ler-se que os médicos dos centros só estão atentos às alergias do paciente, ignorando os antecedentes médicos.


O quinto centro de vacinação covid-19 do país, no aeroporto do Findel, está operacional desde 12 de abril.
Parecer dos médicos de família não está a ser tido em conta pelos centros de vacinação
A Associação dos Doentes e a União Luxemburguesa do Consumidor (ULC) dão conta de várias queixas de pacientes.

No documento agora divulgado a Associação dos Doentes pede mesmo que a AMMD intervenha junto do Ministério da Saúde para que os pareceres dos médicos de família sejam finalmente respeitados no processo de vacinação contra a covid-19

Luxemburgo encontra-se atualmente na fase 5 da vacinação contra a covid-19, que abrange seis fases no total. No total, já foram administradas no país mais de 160.000 doses de vacinas contra a covid-19. Desde 12 de abril há cinco centros de vacinação contra a covid-19, o mais recente no aeroporto do Findel.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas