Escolha as suas informações

Brinquedo slime pode conter substância tóxica
Luxemburgo 11.03.2019

Brinquedo slime pode conter substância tóxica

Brinquedo slime pode conter substância tóxica

Foto: Arquivo LW
Luxemburgo 11.03.2019

Brinquedo slime pode conter substância tóxica

A substância pode causar problemas como irritação nos olhos, cólicas estomacais e vómitos.

As pastas gelatinosas e coloridas, vulgarmente denominadas de “slime”, continuam na moda entre os mais pequenos, que passam horas a manusear o brinquedo pegajoso. O problema é que este brinquedo, aparentemente inofensivo, é alvo de um alerta de segurança.

De acordo com uma nota divulgada esta segunda-feira pelo Instituto Nacional da Segurança e Qualidade dos Produtos, o brinquedo poderá conter uma substância tóxica. Em causa está o borato de sódio.

Foto: Getty Images/iStockphoto

O uso regular e prolongado do chamado slime com a pele pode provocar alergias, irritação ocular e das mucosas. Em caso de ingestão, pode também provocar vómitos, diarreia, cólicas e ainda problemas no fígado, pâncreas e rins.

O borato de sódio poderá também originar distúrbios reprodutivos, afetando a fertilidade e o desenvolvimento do feto.

O Instituto Nacional da Segurança e Qualidade dos Produtos já identificou e proibiu a venda de algumas marcas destas pastas gelatinosas por suspeita de conter a referida substância tóxica. Mas, há outras marcas que poderão ainda juntar-se à lista, estando em curso análises a vários produtos.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.