Escolha as suas informações

Breves Luxemburgo 27.03.2019

Brasil anuncia envio de avião com ajuda humanitária para Moçambique

O anúncio foi feito durante uma audição parlamentar a Ernesto Araújo na câmara baixa do Congresso, com o chefe da Diplomacia brasileira a garantir que o país já está a mobilizar ajuda para Moçambique.

"Já mobilizamos 100 mil euros em favor de Moçambique. Nas próximas 48 horas estamos enviando um avião com ajuda humanitária, basicamente assistência médica e uma equipa de bombeiros para contribuir com o trabalho que está sendo realizado em Moçambique", disse o ministro.

"Veremos o que mais podemos fazer, inclusive explorando a possibilidade de cooperação triangular, ou seja, sabemos que carecemos de recursos, mas temos a capacidade operacional para fazer ações. Podemos mobilizar outros países, por exemplo, os Estados Unidos, para oferecer mais ajuda a Moçambique", acrescentou.

Breves Sociedade 22.01.2020

Organização Mundial de Saúde alerta para o perigo dos cigarros eletrónicos

“Não há dúvida de que eles são perigosos para a saúde”, conclui a Organização Mundial de Saúde (OMS), uma agência especializada da ONU, num relatório sobre cigarros eletrónicos.

No documento a organização diz que “ainda é cedo para se ter uma resposta clara sobre o impacto a longo prazo da sua utilização ou da exposição” aos cigarros eletrónicos.

No relatório sobre os cigarros eletrónicos, lançado no início da semana na forma de perguntas e respostas, a OMS observa que não há provas suficientes de que esses cigarros ajudem os fumadores a deixar de fumar. Ao contrário, os que utilizam o vapor são mais suscetíveis aos cigarros tradicionais.

Os aparelhos de vaporização são “particularmente arriscados” junto dos adolescentes, acrescenta a OMS, que divulga agora alertas mais fortes do que os que tinha feito no ano passado.

“A nicotina é altamente aditiva e o cérebro dos jovens desenvolve-se até aos 25 anos”, adverte a OMS, insistindo nos “efeitos nocivos a longo prazo” ligados à exposição da substância mais encontrada nos cigarros eletrónicos.

O uso dos cigarros eletrónicos cria “riscos significativos para as mulheres grávidas, porque pode alterar o desenvolvimento do feto”, diz a OMS.