Escolha as suas informações

Bettel. Luxemburgo "não tem pessoal suficiente" para todas as camas dos cuidados intensivos
Luxemburgo 05.05.2020

Bettel. Luxemburgo "não tem pessoal suficiente" para todas as camas dos cuidados intensivos

Bettel. Luxemburgo "não tem pessoal suficiente" para todas as camas dos cuidados intensivos

Photo: Pierre Matgé
Luxemburgo 05.05.2020

Bettel. Luxemburgo "não tem pessoal suficiente" para todas as camas dos cuidados intensivos

Ana B. Carvalho
Ana B. Carvalho
Primeiro-ministro luxemburguês alertou para o fato de que cada doente de covid-19 mobiliza vários profissionais de saúde.

Xavier Bettel garantiu esta segunda-feira que apesar de haver 180 camas de cuidados intensivos, o Grão Ducado não tem "pessoal de enfermagem suficiente para cuidar delas". "É preciso saber que um paciente covid mobiliza de cinco a seis pessoas" avisou o primeiro-ministro do Luxemburgo durante a conferência de imprensa partilhada com a Ministra da Saúde, Paulette Lenert.

Segundo a ministra o Grão Ducado tem fixado "um teto de 90 camas", mais do que isso "torna-se muito complicado".  Paulette Lenert prefere não considerar cenários que ultrapassem os números delineados e garante que o governo considera "possível gerir eficazmente 30 a 40 camas em cuidados intensivos, para permitir o reinício de outras atividades no hospital".

Segundo a ministra da saúde as intenções do governo luxembuguês é que se dê "um desconfinamento duradouro", ainda que as teorias apontem para que seja possível "enfrentar uma onda maior de pacientes".


Covid-19. Bettel anuncia reabertura de comércio a partir de 11 de maio
O primeiro-ministro luxemburguês afirma que os restaurantes poderão abrir a partir de 1 de junho se não houver descontrole da epidemia.

Esta segunda-feira, o Luxemburgo contou 92 pessoas hospitalizadas em camas normais, e 21 pessoas em cuidados intensivos, excluindo da soma os pacientes na Grand Est. 

O Grão Ducado regista 2.354 camas hospitalares normais, contando com uma  reserva de 230 camas adicionais. Além disso, existem 180 camas de cuidados intensivos e 143 ventiladores. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Covid-19. Governo reduz a 10 pessoas limite para reuniões em casa
A ministra da Saúde diz que não é possível ter metade do país em casa. Para evitar isso é preciso apostar nos gestos barreira e na distância social. As medidas que o Governo vai levar ao Parlamento diminuem o número de pessoas que podem estar juntas, e aumentam as sanções para quem não cumprir.