Escolha as suas informações

Bettel faz declaração sobre crise pandémica quarta-feira no Parlamento
Luxemburgo 07.07.2020

Bettel faz declaração sobre crise pandémica quarta-feira no Parlamento

Bettel faz declaração sobre crise pandémica quarta-feira no Parlamento

Foto: Pierre Matgé
Luxemburgo 07.07.2020

Bettel faz declaração sobre crise pandémica quarta-feira no Parlamento

Susy MARTINS
Susy MARTINS
Com as férias parlamentares de verão à porta, a Câmara dos Deputados tem ainda muito trabalho pela frente, nomeadamente no que diz respeito à crise pandémica. Só esta semana, o Parlamento tem quatro sessões públicas agendadas.

Com o aumento dos novos casos de infeção não só no Luxemburgo, mas também em muitos outros países, os deputados vão abordar, esta terça-feira, a questão das vacinas que poderão travar a propagação no novo coronavírus.

A pedido do deputado do Partido Cristão Social (CSV), Marc Hansen, o Parlamento vai informar-se sobre a estratégia da União Europeia relativa às vacinas contra a covid-19.

Na quarta-feira, há mais uma sessão pública sobra a crise sanitária. A partir das 14:00, o Governo, nomeadamente o primeiro-ministro, Xavier Bettel, vai fazer uma declaração na Câmara dos Deputados sobre a situação atual da pandemia. 

Note-se que a alteração da lei-covid votada no mês de junho, tem de ser aprovada antes de 24 de julho. Essa alteração prevê um endurecimento das regras de segurança. 

Na quinta-feira, caberá aos deputados reagirem à declaração do Governo relativamente à situação atual da pandemia ligada à covid-19. Na sexta-feira, dia 10 de julho, a petição pública 1550 que exigia a reabertura de todas as escolas e estruturas de acolhimento somente a partir de setembro, vai a debate no Parlamento.


Sondagem. Eleitores voltariam a eleger o Governo de Xavier Bettel
Se houvesse eleições legislativas no Luxemburgo este fim de semana, a atual coligação governamental voltaria a cantar vitória. É o que revela uma sondagem Politmonitor realizada em junho pelo TNS Ilres, a pedido do Luxemburger Wort e da RTL.

O objetivo era proteger as crianças. No entanto, as escolas já reabriram em meados do mês de maio. Antes da reabertura da escola fundamental a 25 de maio, o ministro da Educação, Claude Meisch, já se tinha encontrado com a peticionária. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas