Escolha as suas informações

Bettel diz a experiência não o livra de cometer “algumas gafes”

Bettel diz a experiência não o livra de cometer “algumas gafes”

Foto: Guy Jallay
Luxemburgo 06.12.2018

Bettel diz a experiência não o livra de cometer “algumas gafes”

Manuela Pereira
Xavier Bettel 'desculpa-se' com o facto de não ter nascido primeiro-ministro.

Já está. O Luxemburgo tem um novo Governo. O executivo liderado por Xavier Bettel tomou posse esta quarta-feira e, apesar da experiência governativa, o primeiro-ministro diz que não está imune a “algumas gafes”.

O novo Governo é uma reedição do executivo de há cinco anos. Na anterior legislatura, o executivo também liderado por Xavier Bettel aumentou o IVA (de 15% para 17%) e até criou um novo imposto temporário (0,5%) sobre os rendimentos.

Agora, praticamente os mesmos ministros propõem a gratuitidade dos transportes e do acolhimento extra-curricular das crianças nas chamadas “maisons relais”, a redução da carga fiscal das PME e ainda mais dois dias livres para todos os trabalhadores (um feriado e um dia de férias suplementares).

Xavier Bettel justifica a viragem política com “a situação económica e financeira do país” que, segundo diz, “é mais favorável” que há cinco anos.

No que diz respeito à composição do novo Governo, o Luxemburgo tem agora dois vice-primeiro-ministros: Étienne Schneider e o ludodescendente Félix Braz. À Rádio Latina, Xavier Bettel confiou que a decisão foi “fácil” de tomar.


Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas

Bettel disponível para integrar futuro governo sem ser primeiro-ministro
Numa entrevista concedida à Rádio Latina, que poderá ser escutada na integra no especial eleições emitido no dia 7 de outubro, o atual presidente do governo afirma que as condições para participar num futuro governo são ditadas por questões programáticas e que a questão da liderança do executivo não será um impedimento a uma coligação.
Metade do Governo vai hoje de férias
O Governo reuniu-se esta manhã, naquele que foi o último Conselho de Ministros antes das férias de verão. Metade do executivo liderado por Xavier Bettel entrou de férias após a reunião.