Escolha as suas informações

Bettel: "A abertura do Luxemburgo é a chave para o sucesso do país"
Luxemburgo 2 min. 22.06.2022
Festa Nacional

Bettel: "A abertura do Luxemburgo é a chave para o sucesso do país"

Xavier Bettel reconheceu as dificuldades que as famílias enfrentam face à inflação galopante no país.
Festa Nacional

Bettel: "A abertura do Luxemburgo é a chave para o sucesso do país"

Xavier Bettel reconheceu as dificuldades que as famílias enfrentam face à inflação galopante no país.
Foto: Chris Karaba
Luxemburgo 2 min. 22.06.2022
Festa Nacional

Bettel: "A abertura do Luxemburgo é a chave para o sucesso do país"

Diana ALVES
Diana ALVES
O primeiro-ministro destacou esta quarta-feira, véspera da Festa Nacional, o facto de o Luxemburgo ser casa para cidadãos de todas as nações.

No tradicional discurso por ocasião da Festa Nacional, que se celebra esta quinta-feira, o líder do Executivo disse algumas palavras em francês, aproveitando para salientar o trabalho de todos os transfronteiriços durante a pandemia, sem o qual o sistema de saúde luxemburguês teria colapsado.

"A solidariedade que os luxemburgueses demonstraram para com os seus vizinhos ao longo dos últimos dois anos ajudou-nos a superar o coronavírus. É claro que o vírus não desapareceu, mas através dos nossos esforços coletivos, nós, como sociedade, conseguimos controlar esta pandemia", elaborou.


Santos portugueses no desfile do Dia Nacional
Mais de 300 portugueses do C.A.S.A vão desfilar no cortejo oficial ao som das marchas populares esta noite. Há ainda o arraial com petiscos na capital.

Depois de lembrar as vítimas da pandemia e sublinhar a estabilidade atual da situação sanitária, o primeiro-ministro garantiu que o país está bem preparado para o outono e inverno.

Paz, liberdade e independência

A guerra na Ucrânia foi um dos assuntos em destaque no discurso de Xavier Bettel, que classificou os últimos quatro meses como um um regresso a uma “época sombria da nossa história”.

O chefe do Governo alertou que o conflito nos diz respeito a todos uma vez que a Ucrânia está a lutar pelos mesmos valores que estão no centro da Festa Nacional: paz, liberdade e independência.

Bettel destacou também a solidariedade dos cidadãos do país que, "desde o primeiro dia", se desdobraram em diversas iniciativas em escolas, associações ou a título privado para apoiar os refugiados ucranianos. 

"Tenho orgulho em ser o primeiro-ministro de um país cujos cidadãos demonstram  solidariedade uns com os outros, mas também com pessoas de outros lugares que precisam da nossa ajuda", declarou Xavier Bettel.

"A paz na Europa tem um preço"


Dia Nacional altera rotas e horários dos transportes públicos
Principais alterações acontecem na quarta-feira, véspera de feriado.

O primeiro-ministro reconheceu que a guerra está a ter consequências muito para além das fronteiras da Ucrânia, fazendo-se já sentir por cá. “A subida dos preços, sobretudo em matéria de energia, é uma realidade que afeta muitas pessoas no dia a dia”, disse, admitindo que a “paz na Europa e a defesa dos nossos valores têm um preço, mas ele não pode ser pago por todos aqueles que já tinham dificuldades financeiras antes da guerra”.

Face ao "período de grandes incertezas" que se vive, há uma certeza que permanece válida para o sucesso do Luxemburgo. "A nossa abertura ao mundo continua a ser o nosso melhor ativo e é uma das bases para o futuro do nosso país", rematou Bettel.

*com Maria Monteiro

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas