Escolha as suas informações

Autárquicas 2017: Recenseamento eletrónico para os estrangeiros
Luxemburgo 13.02.2017 Do nosso arquivo online

Autárquicas 2017: Recenseamento eletrónico para os estrangeiros

Autárquicas 2017: Recenseamento eletrónico para os estrangeiros

Foto: Archives LW
Luxemburgo 13.02.2017 Do nosso arquivo online

Autárquicas 2017: Recenseamento eletrónico para os estrangeiros

O Governo do Luxemburgo quer facilitar o recenseamento eleitoral dos cidadãos estrangeiros residentes no país, permitindo que os imigrantes se possam inscrever nos cadernos eleitorais pela Internet.

O Governo do Luxemburgo quer facilitar o recenseamento eleitoral dos cidadãos estrangeiros residentes no país, permitindo que os imigrantes se possam inscrever nos cadernos eleitorais pela Internet.

A inscrição eletrónica nos cadernos eleitorais insere-se na reforma da lei eleitoral aprovada pelo Governo em Conselho de Ministros.

A nova lei ainda terá que ‘passar’ pelo crivo do Parlamento. Só depois poderá entrar em vigor.

Cerca de 16% dos potenciais eleitores estrangeiros estão recenseados para votar nas eleições comunais do próximo mês de outubro.

Desse total, apenas 18% dos potenciais eleitores portugueses estão recenseados. Um número que cai para os 12% entre os cidadãos cabo-verdianos. Estes dados foram revelados no último mês de janeiro.

Os cidadãos não-luxemburgueses podem votar nas eleições locais e europeias, mas têm que estar inscritos nos cadernos eleitorais das respetivas autarquias de residência.

Se tem mais de 18 anos de idade e reside legalmente no Luxemburgo há pelo menos cinco anos, para que possa votar nas eleições autárquicas (comunais) do próximo mês de outubro tem que proceder ao recenseamento eleitoral até 13 de julho.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas