Escolha as suas informações

Atlético de Madrid oferece 126 milhões por João Félix
Luxemburgo 3 min. 27.06.2019 Do nosso arquivo online

Atlético de Madrid oferece 126 milhões por João Félix

Atlético de Madrid oferece 126 milhões por João Félix

LUSA
Luxemburgo 3 min. 27.06.2019 Do nosso arquivo online

Atlético de Madrid oferece 126 milhões por João Félix

“Sou de Viseu e, para onde for, levo sempre Viseu no coração”, disse ontem o avançado português, de 19 anos. A visita à sua cidade natal, onde uma multidão de gente o quis saudar, aconteceu no mesmo dia em que o Benfica recebeu a oferta do clube espanhol.

João Félix: 19 anos, 43 encontros, 20 golos, 126 milhões de euros, e prestes a tornar-se no 4º jogador mais caro de sempre da história do futebol. E no mais caro de Portugal.

São estes os números do jovem de Viseu sobre quem o Atlético de Madrid fez ontem uma oferta ao Benfica – de 126 milhões de euros (ME) para que o avançado passe a vestir a camisola do clube espanhol, na próxima época. O clube da Luz diz estar a "analisar" a oferta.

A concretizar-se a transferência, Félix torna-se no quarto jogador mais caro da história do futebol, a seguir a Neymar, que custou 222 ME (PSG), Philipe Coutinho, 145 ME (Barcelona) e Kylian Mbappé (PSG), 135 ME.

Por cá, o futebolista que tem Viseu "no coração", pode destronar Cristiano Ronaldo e os  112 ME, que a Juventus deu por ele, segundo o jornal Record, e passar a ser o jogador mais caro de sempre do futebol nacional. E também, como lembra este diário, protagonizar a maior venda de sempre da Liga NOS, que até agora pertencia a Hulk, valendo 60 ME. Para o Atlético de Madrid, o jovem português será também a maior compra do clube.

“O valor proposto acima da cláusula de rescisão contempla o custo financeiro indexado ao pagamento a prestações previsto nesta proposta. Caso a Benfica SAD aceite a proposta apresentada, o valor líquido a receber do Atlético de Madrid na data da transferência dos direitos desportivos ascenderá a 120 ME”, lê-se no comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Depois de ter feito parte da formação no FC Porto, com passagens pelo Dragon Force e pelo Padroense, equipas ligadas aos 'dragões', Félix, de 19 anos, chegou ao Benfica em 2015/16, para a equipa de juvenis.

Esta temporada, o avançado estreou-se pela equipa principal, ao serviço da qual fez 43 encontros e marcou 20 golos, tendo ainda feito a estreia pela seleção portuguesa, na Liga das Nações.

Há dois anos era avaliado em apenas dois milhões de euros pelo Transfermarkt, e agora João Félix pode sair do Benfica por 126 milhões, lembra o Diário de Notícias.

“Com Viseu no Coração”

No mesmo dia em que chegava a oferta do clube espanhol João Félix foi distinguido como embaixador de Viseu, onde nasceu. Ali o jovem afirmou que, vá para onde for, levará no coração a sua cidade natal, onde deu os primeiros pontapés na bola, nas escolas do Dínamo Clube de Estação.

“Sou de Viseu e, para onde for, levo sempre Viseu no coração”, afirmou ontem, o ainda avançado do Benfica, durante a cerimónia que decorreu no salão nobre da Câmara Municipal de Viseu.

O presidente do município, Almeida Henriques, afirmou que, “num concelho como Viseu, onde a preocupação pelo desporto é permanente, e com mais de 4.700 atletas federados, na grande maioria em futebol e futsal, é sempre bom realçar os bons exemplos”.

O autarca, confesso adepto do FC Porto, justificou o galardão atribuído a João Félix como “o justo reconhecimento por um jovem viseense que no desporto está a ter uma grande notoriedade nacional e internacional”, considerando que o atleta do Benfica “é uma mais-valia” para a promoção do concelho.

A sessão foi aberta apenas à imprensa e a uma vintena de familiares e amigos do atleta, mas do lado de fora algumas centenas de pessoas aguardaram pela presença de João Félix numa concorrida sessão de autógrafos.

Entre as muitas camisolas do Benfica, uma, em particular, fez João Félix sorrir, a de um adepto com as cores do Real Madrid.

João Félix é assim, desde ontem, mais um embaixador de Viseu, na área do desporto, em que figuram outros nomes como o ex-futebolista Paulo Sousa, atual treinador do Bordéus, o ciclista profissional Nuno Bico, o campeão mundial de maratona BTT Tiago Ferreira e o ciclista paralímpico Mário Trindade, natural de Vila Real, mas há vários anos radicado em Viseu.


Notícias relacionadas