Escolha as suas informações

Até sábado: Ministro cabo-verdiano no Luxemburgo para falar de relações UE/Cabo Verde
Luxemburgo 3 min. 28.04.2017

Até sábado: Ministro cabo-verdiano no Luxemburgo para falar de relações UE/Cabo Verde

Luis Filipe Tavares

Até sábado: Ministro cabo-verdiano no Luxemburgo para falar de relações UE/Cabo Verde

Luis Filipe Tavares
Luxemburgo 3 min. 28.04.2017

Até sábado: Ministro cabo-verdiano no Luxemburgo para falar de relações UE/Cabo Verde

O ministro dos Negócios Estrangeiros de Cabo Verde encontra-se desde quinta e até sábado no Luxemburgo para reuniões com representantes do Governo luxemburguês. Luís Filipe Tavares traz na agenda o reforço da parceria especial entre Cabo Verde e a União Europeia e as relações bilaterais com o Grão-Ducado. No sábado, vai haver também um encontro com dirigentes associativos.

O ministro dos Negócios Estrangeiros de Cabo Verde encontra-se desde quinta e até sábado no Luxemburgo para reuniões com representantes do Governo luxemburguês. Luís Filipe Tavares traz na agenda o reforço da parceria especial entre Cabo Verde e a União Europeia e as relações bilaterais com o Grão-Ducado. No sábado, vai haver também um encontro com dirigentes associativos.

O ministro dos Negócios Estrangeiros e das Comunidades de Cabo Verde vai estar de visita ao Luxemburgo entre esta quinta-feira e sábado. Luís Filipe Tavares tem previsto diversos encontros oficiais com as autoridades luxemburguesas e com líderes associativos cabo-verdianos.

O reforço da parceria especial entre Cabo Verde e a União Europeia, assinado há 10 anos, é um dos destaques dos encontros oficiais com as autoridades luxemburguesas.

“As questões do relacionamento bilateral vão também ser abordadas durante a visita"

“Este ano comemora-se os 10 anos da assinatura da Parceria Especial entre Cabo Verde e a União Europeia, e talvez seja o momento certo para se perspetivar e/ou aprofundar essas relações especiais. O Luxemburgo foi, desde o início, um dos principais apoiantes de Cabo Verde nesta parceria assinada em 2007. Esta visita visa partilhar e sensibilizar, em primeira mão com as autoridades luxemburguesas, as novas ideias com vista ao reforço dessa Parceria Especial para o futuro”, diz ao Contacto o embaixador do arquipélago no Grão-Ducado, Carlos Semedo.

“As questões do relacionamento bilateral vão também ser abordadas durante a visita”, acrescenta Carlos Semedo, referindo que os detalhes estão ainda a ser ultimados em coordenação com as autoridades luxemburguesas.

Encontro com a comunidade

Quanto ao encontro com os dirigentes associativos, está marcado para sábado. Luís Filipe Tavares vai debater com os cabo-verdianos “as questões que afligem a comunidade residente no Luxemburgo, na perspetiva de se encontrar as soluções mais adequadas”, refere Carlos Semedo.

Contactado por este jornal, o presidente da Federação das Associações Cabo-verdianas no Luxemburgo, João da Luz, foi claro naquilo que vai apresentar na reunião com o ministro. “Queremos discutir os eventuais apoios para a comunidade. Falamos por exemplo da área cultural e das dificuldades da nossa emigração, legal ou não legal. Também queremos conhecer as contrapartidas que Cabo Verde vai ter depois de anunciar a isenção de visto para turistas. Não estamos contra, mas queremos saber se, por exemplo, os países europeus vão alargar o Espaço Schengen a Cabo Verde como contrapartida. Não basta dizer que os turistas vão levar dinheiro para Cabo Verde, quando temos uma forte emigração que precisa de circular”, desafia João da Luz.

Luís Filipe Tavares, que leva a cabo um périplo pela Europa até ao final deste mês com a “missão de sensibilização e reforço desta parceria com a UE”, deverá responder a estas e outras questões.

A última vez que o ministro esteve no Grão-Ducado foi em outubro do ano passado, a acompanhar o primeiro-ministro Ulisses Correia e Silva. No dia seguinte a esta visita, Ulisses Correia e Silva e o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, assinaram em Bruxelas um acordo no valor de 55 milhões de euros, no âmbito do 11º Fundo Europeu para o Desenvolvimento (FED), relativo à cooperação entre a União Europeia e Cabo Verde.

O montante tem como objetivo apoiar as políticas do Governo de Cabo Verde nas áreas da segurança, convergência técnica normativa, redução da pobreza, melhoria da competitividade da economia cabo-verdiana, entre outras.

O Governo de Cabo Verde está também a estudar uma proposta, a apresentar à União Europeia, de extensão do Espaço Schengen ao arquipélago.

A iniciativa conta com o apoio dos eurodeputados portugueses Carlos Zorrinho (PS), Fernando Ruas (PSD) e José Inácio Faria (MPT).

Henrique de Burgo

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas

Jean Asselborn faz hoje visita de trabalho a Cabo Verde
O ministro dos Negócios Estrangeiros, Jean Asselborn, encontra-se hoje em visita de trabalho a Cabo Verde. Esta é a primeira vez que Asselborn vai a Cabo Verde enquanto ministro, e apenas por um dia, para abordar as relações bilaterais entre os dois países.
26.12.2017 Luxembourg, Ministère des affaires étrangères, Jean ASSELBORN ministre photo Anouk Antony