Escolha as suas informações

Até final de 2017: Luxemburgo vai acolher 557 refugiados sírios e iraquianos

Até final de 2017: Luxemburgo vai acolher 557 refugiados sírios e iraquianos

Foto: Pierre Matgé
Luxemburgo 04.06.2016

Até final de 2017: Luxemburgo vai acolher 557 refugiados sírios e iraquianos

O Luxemburgo vai acolher um total de 557 refugiados sírios e iraquianos até ao final de 2017, provenientes da Grécia e Itália.

O Luxemburgo vai acolher um total de 557 refugiados sírios e iraquianos até ao final de 2017, provenientes de países como a Grécia e a Itália. 

A decisão foi tomada no âmbito das deliberações recomendadas pelo "JAI" Conselho de Setembro de 2015 e surge como parte de um processo de deslocalização.

O Ministério do Exterior sublinha que o "Luxemburgo está determinado a cumprir com os seus compromissos" no que diz respeito ao apoio aos requerentes de protecção internacional.

Na passada quinta-feira, 2 de Junho, chegaram ao Luxemburgo 41 refugiados sírios e iraquianos, incluindo 28 adultos e 13 crianças, que representam o segundo grupo de requerentes de protecção internacional na Grécia que serão recolocados no país. 

A 27 de Maio, um primeiro grupo de 27 refugiados sírios já tinha chegado ao Luxemburgo, proveniente da Turquia. 

Os 80 abrigos actualmente disponíveis no Luxemburgo para acolher os refugiados têm capacidade para 4.300 camas, 3.300 das quais já foram ocupadas.

O apoio aos refugiados será da responsabilidade do Gabinete Luxemburguês de Acolhimento e Integração (OLAI, na sigla em francês).

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas

Refugiados sírios vêm viver para o Luxemburgo
Um grupo de 46 refugiados sírios vai ser recebido no Foyer Heliar, em Weilerbach, no próximo dia 5 de Maio. A chegada do grupo de refugiados ao Luxemburgo estava inicialmente prevista para Abril, mas agora foi fixada para o início do próximo mês.
Foyer Heliar, em Weilerbach