Escolha as suas informações

Asselborn chama embaixador luxemburguês em Moscovo
Luxemburgo 28.03.2018

Asselborn chama embaixador luxemburguês em Moscovo

Asselborn chama embaixador luxemburguês em Moscovo

Foto: Chris Karaba
Luxemburgo 28.03.2018

Asselborn chama embaixador luxemburguês em Moscovo

Embora tenha decidido não expulsar diplomatas russos, o Governo do Grão-Ducado resolveu convocar "para consultas" o seu representante na capital russa.

Jean Asselborn, ministro luxemburguês dos Negócios Estrangeiros e Europeus, convocou "para consultas" o seu embaixador em Moscovo, segundo informou o Governo do Grão-Ducado em comunicado.

"No contexto do ataque de Salisbury, o Governo luxemburguês está plenamente solidário com o Reino Unido face a esta grave colocação em causa da nossa segurança comum", refere-se no documento, a propósito da tentativa de assassínio de que foram alvo o ex-espião Skripal e a sua filha.

"O Governo luxemburguês condena, com a maior firmeza, o ataque cometido e subscreve a análise do Governo do Reino Unido segundo a qual é altamente provável que a Federação da Rússia seja responsável por este ato e que não existe outra explicação plausível", acrescenta o comunicado.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas

Visita de Medvedev. EUA pressionam Luxemburgo sobre a Crimeia
A embaixada dos Estados Unidos da América (EUA) no Grão-Ducado instou o Governo luxemburguês a posicionar-se contra a anexação da Crimeia à Rússia. O ministro do Trabalho, Dan Kersch, rejeitou de imediato qualquer interferência dos Estados Unidos na política externa do Grão-Ducado.