Escolha as suas informações

Arranque das férias colectivas: Emigrantes a caminho de Portugal podem contar com filas em França
Luxemburgo 29.07.2016 Do nosso arquivo online

Arranque das férias colectivas: Emigrantes a caminho de Portugal podem contar com filas em França

Os emigrantes portugueses que vão de férias a Portugal de carro vão contar com filas nas estradas francesas

Arranque das férias colectivas: Emigrantes a caminho de Portugal podem contar com filas em França

Os emigrantes portugueses que vão de férias a Portugal de carro vão contar com filas nas estradas francesas
Foto: AFP
Luxemburgo 29.07.2016 Do nosso arquivo online

Arranque das férias colectivas: Emigrantes a caminho de Portugal podem contar com filas em França

As férias colectivas arrancam esta sexta-feira no Luxemburgo. Como acontece todos os anos, milhares de emigrantes escolhem regressar a Portugal de férias ao volante. Este fim-de-semana, os condutores portugueses podem contar com vários quilómetros de filas nas estradas francesas.

As férias colectivas arrancam esta sexta-feira no Luxemburgo. Como acontece todos os anos, milhares de emigrantes escolhem regressar a Portugal de férias ao volante. Este fim-de-semana, os condutores portugueses podem contar com vários quilómetros de filas nas estradas francesas.

Uma circulação "excepcionalmente difícil" está prevista para este fim-de-semana de 30 e 31 de Julho, de acordo com o organismo francês de previsão de tráfego, que desaconselha a condução neste sábado.

O pico do tráfego deverá acontecer precisamente entre a noite de hoje e amanhã, com as primeiras filas a formarem-se a partir das 4h da manhã e até às 20h de sábado.

O melhor mesmo será arrancar no domingo, aconselham as autoridades rodoviárias francesas, devido à migração em massa dos veraneantes, incluindo os emigrantes portugueses com destino a Portugal.

No Luxemburgo, as férias colectivas no sector da construção arrancam esta sexta-feira e prolongam-se até 21 de Agosto. 

O número de trabalhadores da construção que beneficia de férias colectivas deverá rondar os 20 mil, segundo estimativas do sindicato luxemburguês OGB-L.

SECRETÁRIO DE ESTADO APELA A UMA VIAGEM COM "RESPONSABILIDADE E SEGURANÇA"

O secretário de Estado das Comunidades, José Luís Carneiro, apelou aos emigrantes que, por altura das férias de Verão "regressam [por via rodoviária] às suas terras de origem, para que procurem fazê-lo com segurança".

Carneiro aconselhou os portugueses a verificar se as suas viaturas "foram objecto de inspecção, para que procurem descansar nas viagens que são muito longas e que procurem evitar o consumo de bebidas alcoólicas quando conduzem".

Carneiro estima que nesta altura do ano quase um milhão de portugueses emigrados, a maioria na Europa, regressem a Portugal para passarem férias.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Reportagem: As férias fora de Portugal dos emigrantes
O verão em Portugal é sinónimo do regresso dos emigrantes portugueses para passarem ferias com a família, mas essa regra está a mudar e os mais novos, de segunda ou primeira geração, preferem outros locais que não as aldeias onde têm raízes.
Antiga secretária de Estado das Comunidades: “Governo tem de reconstituir uma máquina de apoio aos portugueses no estrangeiro”
“O Governo português deve reconstituir a Secretaria de Estado da Emigração” para dar resposta aos problemas dos emigrantes, como os novos casos de exploração de portugueses na construção. A antiga secretária de Estado da Emigração e das Comunidades, Manuela Aguiar, esteve no Luxemburgo e defende que o Governo deve ter uma política virada para os portugueses que emigram, mas também para os que regressam.
Manuela Aguiar