Escolha as suas informações

António Costa agradece às equipas luxemburguesas que estiveram em Évora
Luxemburgo 15.03.2021 Do nosso arquivo online

António Costa agradece às equipas luxemburguesas que estiveram em Évora

António Costa agradece às equipas luxemburguesas que estiveram em Évora

Foto: Rodrigo Cabrita
Luxemburgo 15.03.2021 Do nosso arquivo online

António Costa agradece às equipas luxemburguesas que estiveram em Évora

Ana TOMÁS
Ana TOMÁS
Primeiro-ministro português sublinhou "gesto de solidariedade" e "fraternidade entre o Luxemburgo e Portugal".

O primeiro-ministro, António Costa, agradeceu, este domingo, às equipas clínicas luxemburgueses que estiveram no Hospital Espírito Santo, em Évora, entre fevereiro e março para apoiar as equipas dos cuidados intensivos covid-19. 


António Gamito, embaixador de Portugal no Luxemburgo, o médico Samuel Luyasu e o primeiro-ministro, Xavier Bettel.
Governo luxemburguês agradece a equipa médica que esteve em Portugal
Os quatro profissionais de saúde que estiveram a prestar apoio no Hospital do Espírito Santo, em Évora, foram recebidos esta quarta-feira pelo primeiro-ministro e pela ministra da Saúde.

Depois de, na semana passada, os quatro elementos que compuseram as duas equipas terem sido recebidos pelo primeiro-ministro luxemburguês, Xavier Bettel, e pela ministra da Saúde, Paulette Lenert, foi a vez do líder do executivo português se pronunciar sobre a ajuda do Grão-Ducado, que classificou de "gesto de solidariedade" e um exemplo de "fraternidade entre o Luxemburgo e Portugal".

"Obrigado às equipas médicas luxemburguesas que trabalharam no Hospital de Évora durante a terceira vaga da pandemia. Esta ajuda foi importante e sublinha a fraternidade entre o Luxemburgo e Portugal, num gesto de solidariedade europeia que não esqueceremos", escreveu António Costa numa mensagem em português e em francês na sua conta do Twitter, um dia antes de Portugal iniciar o desconfinamento por fases.

O Hospital do Espírito Santo de Évora recebeu duas equipas, constituídas por duas enfermeiras, um médico e uma médica. A primeira formação clínica do Luxemburgo chegou ao hospital alentejano a 16 de fevereiro e duas semanas depois juntou-se a segunda, que concluiu a missão do Grão-Ducado em Portugal no passado dia 7 de março.


Reportagem fotográfica com equipas medicas e de enfermagem que vieram do Luxemburgo para o Hospital de Evora, em Portugal. Estas equipas vieram dar apoio aos profissionais de saúde desta unidade hospitalar no combate a COVID-19
@Rodrigo Cabrita
A ajuda do Luxemburgo a Portugal traz de volta uma primavera de esperança
Reportagem.

O Contacto acompanhou as duas equipas no Hospital do Espírito Santo de Évora. O espírito de solidariedade e a capacidade de adaptação da estrutura às necessidades e desafios da terceira vaga de covid-19, que esgotou as capacidades dos hospitais portugueses, no início deste ano, foram aspetos que impressionaram as equipas do Grão-Ducado, como referiram na reportagem do Contacto.

Além das equipas do Luxemburgo, Portugal recebeu também a ajuda de uma equipa francesa, à qual António Costa também agradeceu, e de um contingente médico do exército alemão, que foi o primeiro a chegar ao país, no início de fevereiro, e onde ainda permanece, alternando as equipas que o compõem.


Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas