Escolha as suas informações

Ambiente familiar é o maior foco de infeção no Luxemburgo
Luxemburgo 15.09.2021
Relatório semanal

Ambiente familiar é o maior foco de infeção no Luxemburgo

Relatório semanal

Ambiente familiar é o maior foco de infeção no Luxemburgo

Luxemburgo 15.09.2021
Relatório semanal

Ambiente familiar é o maior foco de infeção no Luxemburgo

Ana Patrícia CARDOSO
Ana Patrícia CARDOSO
Estar em ambiente familiar representa 30% das fontes de infeção de covid-19, durante a semana passada.

De acordo com o relatório semanal do Ministério da Saúde, na semana de 6 a 12 de setembro, registaram-se 553 casos positivos, uma diminuição de -4% em relação à semana anterior (573 infeções). 

Agora que o período de férias acabou, o ambiente familiar volta a ser a fonte mais frequente de contaminação (30,6%), seguido de viagens ao estrangeiro (20,1%), atividades de lazer (5,2%) e educação (4,0%).

Dos 533 casos, 375 pessoas não tinham sido vacinadas ou levaram apenas uma dose (67,8%) e 178 tinham a vacinação completa (32,2%). Nos cuidados intensivos, nenhum paciente internado tinha sido vacinado.

Há a lamentar duas mortes causadas pelo vírus nesta semana. 1.289 pessoas estiveram em isolamento (+4%) e 926 em quarentena (+13%). No período analisado, a taxa de incidência é maior dos 0-14 anos, com 121 casos por 100 mil habitantes. 

No que concerne a campanha de vacinação, em sete dias, foram administradas 6.070 doses, 3.415 como primeira dose, 2.598 como segunda e 57 pessoas receberam uma dose adicional. 

 



Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Tal como esperado, os casos positivos de covid-19 estão a aumentar depois do período de férias de verão. A mais recente retrospetiva da semana, divulgada pelo Ministério da Saúde, dá conta de um aumento de 23%, entre a semana passada e a precedente.