Escolha as suas informações

Ambientalistas exigem a Macron fecho de central nuclear na fronteira com o Luxemburgo

Ambientalistas exigem a Macron fecho de central nuclear na fronteira com o Luxemburgo

Foto: CC/Joshua Marx
Luxemburgo 06.09.2018

Ambientalistas exigem a Macron fecho de central nuclear na fronteira com o Luxemburgo

Em visita ao Luxemburgo, o Presidente francês, Emmanuel Macron, foi surpreendido esta tarde por um grupo de ativistas da organização ambiental Greenpeace e do Movimento Luxemburguês de Ação contra o Nuclear à entrada para a Philharmonie.

Mais de uma dezena de ativistas da Greenpeace e do Movimento Luxemburguês de Ação contra o Nuclear esperaram Emmanuel Macron e o primeiro-ministro luxemburguês, Xavier Bettel, à chegada à Philharmonie. Os membros da organização ambientalista pediram o fecho de duas centrais nucleares: Tihange e Cattenom, a última situada na fronteira com o Luxemburgo.

Nos cartazes podia ler-se: "Build a nuclear free Europe! Stop Tihange, Cattenom" (Por uma Europa sem energia nuclear. Fim a Tihange, Cattenom). "Macron e a obsessão da França pela energia nuclear têm um impacto para lá das fronteiras francesas. Em primeiro lugar a abundância de energia nuclear não flexível sobre a eletricidade está a bloquear a transmissão de energia pela Europa. Isto não faz sentido algum visto que as energias renováveis são menos caras e mais seguras do que a nuclear", afirmou Roger Spautz, da Greenpeace Luxemburgo, em comunicado enviado às redações.

"Além disso, a degradação das centrais está a criar riscos transfronteiriços para populações que não concordam com o uso da energia nuclear. Isto é o oposto da cooperação entre os povos e as nações europeias", acrescenta.

Macron e Bettel reuniram-se esta quinta-feira no Luxemburgo para uma consulta popular sobre o futuro da Europa. O encontro com os cidadãos tinha como objetivo gerar novas ideias para colocar na agenda política de ambos os países entre os próximos cinco a dez anos. 

Catarina Osório

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas

Macron e Bettel querem Europa mais unida e solidária
Presidente francês e primeiro-ministro luxemburguês participaram no diálogo com cidadãos sobre a Europa numa Philharmonie cheia de gente. À entrada e à saída, Macron tinha à sua espera manifestantes que pediam o encerramento da central nuclear de Cattenom, mas referiu que a sua prioridade era o fecho das centrais térmicas.
Macron visita hoje o Luxemburgo
A convite do primeiro-ministro luxemburguês, Xavier Bettel, o presidente francês, Emmanuel Macron, estará no Grão-Ducado para uma visita de trabalho com Mark Rutte e Charles Michel, respetivamente, primeiro-ministro de Holanda e da Bélgica. À tarde, Macron participa ao lado de Bettel num diálogo com cidadãos sobre a União Europeia na Philharmonie.
Xavier Bettel agradece: França equaciona fechar central nuclear de Cattenom
O primeiro-ministro luxemburguês Xavier Bettel reagiu com agrado ao anúncio da ministra do Ambiente de França, Ségolène Royal, sobre a intenção de fechar a central nuclear de Cattenom. "Congratulo-me com a declaração a respeito do encerramento das centrais nucleares em França", disse Bettel no Facebook.