Escolha as suas informações

Alunos vão poder fazer auto-testes à covid-19 a partir de março
Luxemburgo 15.02.2021

Alunos vão poder fazer auto-testes à covid-19 a partir de março

Alunos vão poder fazer auto-testes à covid-19 a partir de março

Foto: Anouk Antony/Luxemburger Wort
Luxemburgo 15.02.2021

Alunos vão poder fazer auto-testes à covid-19 a partir de março

Susy MARTINS
Susy MARTINS
Ministro da Educação diz que não serão realizados testes em alunos menores de idade sem o consentimento dos pais.

Face à ameaça das novas variantes do Sars-CoV-2, o Ministério da Educação vai reforçar a testagem, com o objetivo de estancar eventuais cadeias de contágio o mais rapidamente possível. O reforço vai passar por testes rápidos de antigénio e de saliva e em alguns casos os alunos vão poder fazer o teste de diagnóstico a si próprios. 

A auto-testagem através de uma amostra de saliva será destinada aos estudantes da Universidade do Luxemburgo e aos alunos das turmas superiores dos liceus. "Os testes rápidos realizados com base na recolha de saliva não necessitam da intervenção de profissionais de saúde", esclareceu o ministro da Educação, Claude Meisch, recentemente à RTL. 


Escolas. Máscaras obrigatórias nas aulas a partir dos seis anos
Os testes rápidos de rastreio vão ser adotados nas escolas e os alunos testados mais vezes. Para tentar diminuir os contágios e os estabelecimentos poderem continuar abertos.

Já no caso dos testes PCR dos testes rápidos de antigénio, com recurso a uma zaragatoa nasal e/ou oral, vão continuar a ser realizados nas escolas pelas equipas móveis da Direção da Saúde. Os testes rápidos deverão ser uma realidade na comunidade escolar "em meados de março", mas Claude Meisch esclareceu que estes não serão realizados em alunos menores de idade sem o consentimento dos pais. O Luxemburgo já encomendou várias marcas de testes rápidos, cuja eficácia terá ainda de ser validada pelo Laboratório Nacional da Saúde antes de entrarem no mercado luxemburguês. 

Na sexta-feira passada o ministro da Educação anunciou a reabertura das escolas após as férias de Carnaval e revelou que os estudos feitos pela tutela demonstram que os alunos têm cada vez mais pensamentos suicidas

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas