Escolha as suas informações

Aldeia com 800 novas casas vai nascer em Kehlen
Luxemburgo 27.05.2020 Do nosso arquivo online

Aldeia com 800 novas casas vai nascer em Kehlen

Aldeia com 800 novas casas vai nascer em Kehlen

Foto: Lex Kleren
Luxemburgo 27.05.2020 Do nosso arquivo online

Aldeia com 800 novas casas vai nascer em Kehlen

Redação
Redação
O ministro da Habitação a anunciou, ainda, durante a conferência de imprensa o investimento de 76 milhões de euros num projeto de habitação para 220o pessoas.

Para responder à falta de casas com rendas acessíveis no Luxemburgo, o ministro da Habitação anunciou que será criada uma nova aldeia na comuna de Kehlen. Um projecto que deverá estar concluído nos próximos dez anos e que deverá ter 800 habitações para  2200 habitantes. Metade das habitações será disponibilizada para arrendamentos de longa duração.

"Kehlen tornar-se-á o 76º município do país em termos de população", afirmou Henri Kox, durante a conferência de imprensa. 

O projecto, cujo custo total está estimado em 268 milhões de euros, será financiado pelo Estado com 76 milhões de euros (28%). O principal objetivo desta iniciativa de interesse público é facilitar às pessoas com rendimentos mais baixos conseguir um  alojamento. Os imóveis colocados à venda serão comercializados segundo o princípio do arrendamento, com direito de resgate para o Estado ou para o promotor público. Os proprietários não poderão, portanto, colocar os seus imóveis à venda no mercado de arrendamento convencional após a primeira compra, para evitar a especulação imobiliária.

Os restantes 25% dos imóveis serão oferecidos para arrendamento. 

Projectos semelhantes vão nascer em Wiltz e Dudelange.

 O projecto Elmen, que arrancou em 2007, cumprirá especificações precisas num terreno de 27 hectares: construção de estruturas de madeira, utilização de energia solar, habitações sem carros, que serão agrupadas num parque de estacionamento especial, criação de espaços verdes. "Queremos claramente dar prioridade à qualidade de vida", acrescentou Henri Kox. O ministro da Habitação assinalou que outros projectos semelhantes vão ser desenvolvidos em Wiltz e Dudelange .

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas