Acordo ADEM-UEL

Quase seis mil voltaram ao mercado de trabalho

Isabelle Schlesser, Nicolas Schmit e Jean-Jacques Rommes, contentes com o sucesso do programa.
Isabelle Schlesser, Nicolas Schmit e Jean-Jacques Rommes, contentes com o sucesso do programa.
Foto: Pierre Matgé

Quase seis mil desempregados voltaram ao mercado de trabalho entre 2015 e 2017, no âmbito da parceria entre a Agência para o Desenvolvimento do Emprego (ADEM) e a União das Empresas Luxemburguesas (UEL).

O número consta do balanço da primeira edição do programa de colaboração entre a ADEM e a UEL, “Empresas parceiras para o emprego”, que estabeleceu como objetivo a reinserção de pelo menos cinco mil desempregados inscritos nos centros de emprego.

O acordo, firmado em 2015 e renovado agora por mais três anos, tem um objetivo muito claro: aumentar as contratações de desempregados inscritos na ADEM. Para isso, a agência tem de estar ao corrente das vagas de emprego disponíveis. Segundo o balanço do programa, o número de vagas declaradas aumentou 30% nos últimos três anos.

Outro dos objetivos da parceria é a aproximação entre as empresas e as pessoas que estão à procura de trabalho, que deu origem ao lançamento da plataforma JobBoard (acessível através do site adem.lu) em março do ano passado. Desde então, 1.500 empresas aderiram à plataforma, na qual podem ser consultados os perfis de cerca de vinte mil candidatos.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.